Luciano Ducci ganha o Prêmio Arregão do Ano 2012


O blog Rodopiou.com tem a honra de apresentar a primeira edição do Prêmio Arregão do Ano, o qual é destinado às várias pessoas que correm diariamente de suas obrigações, deixando os outros na mão. O vencedor foi escolhido com critérios técnicos obviamente.

E o vencedor éééé:….

Luciano Ducci

(des)Prefeito de Curitiba

.

.

  • Correu do seu quase candidato à vice, o vereador Derrosso, quando o mesmo foi denunciado e afastado por licitações fraudulentas, coisa de mais de R$ 30 milhões
  • Correu dos ciclistas da cidade oferecendo uma mal e porca ciclofaixa que só funciona no domingo em um horário.
  • Correu da vergonha na cara usando dinheiro público para auto-promoção, em telemarketing anunciou como sendo sua a obra  do metrô, em que o governo federal pagará, a fundo perdido, 80% do valor. Correu e foi multado pela justiça.
  • Correu dos servidores excluídos da Saúde, quando estes entraram em greve exigindo equiparação salarial e diminuição da carga horária
  • Correu novamente dos servidores da Sáude quando estes o encontraram em um shopping da capital para lhe entregar as reivindicações. Deixou o secretário falar e saiu rapidinho do shopping sem falar com os servidores.
  • Até o fechamento deste post (09:00h 15/02/2012) já haviam completadas 33 horas desde que a greve dos trabalhadores do transporte público PAROU a cidade de Curitiba, atingindo cerca de DOIS MILHÕES de usuários, e o (des)prefeito ainda não havia se pronunciado e nem foi encontrado por nenhum órgão de imprensa para falar, deixando isso a cargo do diretor da URBS. Nenhum pio.

Correndo dos servidores (Foto do SISMUC)

Se alguém lembra de mais uma corrida do prefeito por favor comente.

Comunico que o blog entrará em contato com o gabinete do prefeito para a entrega do prêmio e, se o mesmo não for receber, estará comprovando que é o grande merecedor do Prêmio Arregão do Ano 2012.

Etiquetado , , , , , , , ,

Alguém aí tá sabendo da greve dos ônibus em Curitiba?


Idéia surrupiada da Dheborah Fernandez no Facebook.

Atualização: Até as 12:55h o prefeito Ducci não havia se manifestado. Não tem culpa?

Etiquetado

Pessoas de esquerda são mais inteligentes que as de direita, aponta estudo


Um polêmico estudo canadense que inclui dados coletados por mais de 50 anos, diz que as pessoas com opiniões políticas de direita, tendem a ser menos inteligentes do que as de esquerda. Ao mesmo tempo, adverte que as crianças de menor inteligência tendem a desenvolver pensamentos racistas e homofóbicas na idade adulta.

Para ler o post completo acesso o novo link: http://rodopiou.com.br/?p=2166

Etiquetado , , , , ,

Cachaça com limão pra fazer a revolução!


Etiquetado , , ,

Largo da Desordem


Precisava de tudo isso? Certeza de que 99,9% das pessoas que lá estavam, foram para curtir o pré-carnaval, os amigos e o centro histórico da cidade. O SOCIAL, algo que está faltado em nossa cidade onde há ações truculentas que, de um minuto para o outro, fecham bares da cidade.

Um tumulto deixou vários feridos no Largo da Ordem, logo após o término do bloco pré-carnavalesco Garibaldis e Sacis, neste domingo.

Segundo o tenente da Polícia Militar Marco Antônio dos Santos, a confusão teria começado quando uma viatura, que estava fazendo ronda na região, foi atingida por várias pedras e garrafas.

Anteriormente, havia sido informado que uma briga próximo ao Bar do Alemão teria sido o motivo da ação da polícia.

Por volta as 21h20, a RONE tomou o Largo da Ordem atirando balas de borracha, bombas de gás lacrimogênio e de efeito moral na multidão.

Um dos integrantes do bloco pré-carnavalesco levou um tiro de bala de borracha na perna. A filha dele também ficou ferida.

Segundo a PM, um policial também ficou ferido durante o tumulto.

De acordo com o Siate, pelo menos três pessoas foram hospitalizadas. Uma mulher de 18 anos, e dois homens, de 18 e 21 anos.

A reportagem da Gazeta do Povo tentou falar com o comandante da operação, mas ele se negou a falar. A assessoria da PM disse que só vai se pronunciar na manhã desta segunda-feira.

O estudante Alison Gabriel Moreira Guerreiro, 23 anos, ficou com um hematoma no braço depois de ser atingido por uma bomba de efeito moral atirada pela polícia, segundo ele. Alison conta que a polícia chegou de repente, jogando bomba em todo mundo. A maioria das pessoas correu para a Rua Mateus Leme. Ele estava próximo à Igreja da Ordem quando tudo começou. Ele não soube informar o que motivou a reação da polícia. Ele diz que viu gente sendo atingido por cassetetes e bombas. “Teve gente que foi atingido na cabeça”, afirmou.

“Eu estava na praça sentada na calçada com os meus amigos, o bloco já tinha parado de tocar quando ouvimos quatro tiros. Quando nos levantamos, vimos a tropa de choque da polícia descendo e dandos tiros de bala de borracha em quem estava lá. Todo mundo saiu correndo, motos e mesas de bar foram derrubados, os bares começaram a fechar as portas. Os policiais nos mandavam entrar nos estacionamentos e nos bares. Eles não queriam mais ninguém na praça”, conta a estudante Gabriela Becker, 23 anos, que também estava no Largo no momento da confusão.

Fonte: Gazeta do Povo

Etiquetado , , , , ,

O cara que transformou uma boca de fumo em biblioteca


Cacau Gomes achou um livro de Cecília Meireles no lixo, aos 12 anos, e entrou de vez no mundo da poesia. Depois veio Manuel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade. Ficou encantado em meio à sua realidade difícil: morador de extintas palafitas, na comunidade de Brasília Teimosa.

Trabalhou de pedreiro e office boy, o que pode para se virar. Enquanto isso, alimentou um sonho ao longo de 15 anos, fazendo poesia e juntando obras, ora comprando quando podia, encontrando no lixo: “Literatura, rapaz, aqui no Brasil é lixo, né?”. Até que abriu as portas de casa para receber as pessoas da comunidade que queriam ler.

A demanda foi aumentando e ele conseguiu comprar um espaço à esposa de um traficante, que tinha sido assassinado. Hoje a Livroteca Brincante do Pina é referência, é um ponto de leitura do Ministério da Cultura, motivo de transformação para as pessoas, esperança para muitas crianças. É essa a história que o vídeo conta, vale a pena ver.

A imagem não está boa. Mas quem se importa?

Menos um na estante, por sugestão da Meg Thai

Siga o blog no twitter e curta no Facebook

Etiquetado , , , , , , , ,

Curitiba se aproxima do inferno


É verdade meus amigos e minhas amigas. Curitiba está se aproximando do inferno.

Primeiro é a possibilidade do grupo que comanda a cidade há 25 anos se confirmar mais 4 anos, ou seja, mais 4 anos com a cidade de direcionando para o caos.

Depois o calor intenso que a cidade recebeu nos últimos dias.

E agora, o asfalto abrindo.

Analisando esses fatos este ordinário blogueiro chegou a conclusão de que Curitiba está se aproximando do inferno. 😛

Áh, e tem o Zombie Walk, que acontece dia 19 😉

Av Iguaçu hoje a tarde (Foto do Lucas Dittrich no Facebook)

Siga o blog no twitter e no Facebook

Etiquetado , , , , ,

A quinta coluna Yoani Sanchez


No documentário Conexão Cuba – Honduras, de Dado Galvão, a blogueira Yoani Sanchez fala da falta de liberdade de imprensa e livre expressão em Cuba. No entanto, ela tem conseguido uma grande projeção fora de seu país, conseguindo, de certa forma, pautar o “caso Cuba”, contando com colaboradores em diversos países.

O senhor acha que isso se deve a quê? O senhor afirmaria que há um “patrocínio” de governos dissidentes do governo cubano às ações da blogueira?

O blog dessa moça pode ser lido em 18 línguas diferentes. Quanto custa traduzir um blog para 18 línguas? De onde saem os recursos para isso? De anunciantes não veem. Correspondências enviadas a Washington pela Seção de Interesses dos Estados Unidos em Havana, divulgadas pelo Wikileaks, revelam que a blogueira mantém contatos regulares com a legação americana.

E até os albatrozes que sobrevoam o malecón de Havana sabem que o escritório de interesses dos EUA em Cuba é uma enorme e bem montada estação da CIA. Sabe-se agora que a alegada entrevista que a blogueira fez com o presidente Obama por internet, que lhe rendeu repercussão planetária, foi respondida pelos funcionários do escritório americano em Havana, e não pelo presidente.

Com certa regularidade os Estados Unidos inventam um novo personagem para envenenar as relações de Cuba com a opinião pública internacional.

Nos anos 80 fez muito sucesso o “poeta” (assim mesmo, entre aspas) Armando Valladares, que denunciava ao mundo ter ficado definitivamente paralítico em virtude de torturas sofridas em prisões cubanas. Colocado em liberdade a pedido do presidente francês François Mitterrand, Valladares causou espanto aos jornalistas que o esperavam no aeroporto de Paris, ao descer saltitante as escadas do avião, dispensando com a mão a cadeira de rodas que lhe era oferecida.

por Fernando Moraes, em A Tarde, por indicação do Boca Maldita

Siga o blog no twitter e no Facebook

Etiquetado , , , , , , ,

Os 5 principais arrependimentos antes de morrer


Uma enfermeira australiana compilou os principais arrependimentos (testemunhados por ela) de pacientes prestes a morrer. Segundo o informe da BBC, são cinco:

1. Queria ter tido a coragem de fazer o que realmente queria, e não o que esperavam que eu fizesse

2.Queria não ter trabalhado tanto

3.Queria ter tido coragem de falar o que realmente sentia

4.Queria ter retomado o contato com os amigos

5.Queria ter sido mais feliz

O que é interessante nisso tudo? Cada um dos arrependimentos é exatamente a imagem invertida de várias prerrogativas que nos são empurradas goela abaixo, todos os dias, sobre o mundo, o trabalho e os outros.

Dúvidas? Basta ligar a TV ;)

Dica do exclente blog Catatau

Etiquetado

PSDB ou assessor do SBT? O escândalo do Vivaleite


Coronelismo a moda paulista: Cidadãos dizem ter passado documentos para a filiação ao PSDB em troca de um programa do governo paulista que distribui leite.

Imaginem quantos minutos o Jornal Nacional dedicaria ao tema para uma reportagem apontando que o PT havia vinculado filiações ao Bolsa Família. Ou imagine quantos discursos o tema renderia ao sempre atento senador Álvaro Dias, o único veemente opositor que como não tinha que disputar a reeleição em 2010 conseguiu continuar no Senado. Outros, como Mão Santa, Heráclito Fortes e Arthur Virgilio, não tiveram a mesma sorte. Também imagine se isso não seria a pedra de toque dos comentários de zelosos colunistas da moral pública que atuam em veículos tradicionais. Mas nada disso vai acontecer. A reportagem-denúncia de ontem no Estadão, já virou pó no noticiário de hoje.

E olha que a reportagem tem elementos bastante constrangedores, como o de uma senhora quase cega que cotejada com a pergunta se era filiada ao PSDB, respondeu: assessora do SBT?
Leia este trecho:
A senhora é filiada ao partido?
Não entendo o que é.
A senhora é filiada ao PSDB?
Auxiliar do SBT?
É militante do PSDB, do partido?
Não sou…
O nome da senhora consta de uma lista de filiados. A senhora nunca preencheu documentos para se inscrever em um partido político?
Não, nunca preenchi nenhum documento. Inclusive tenho deficiência visual. Sou especial pelo problema meu, não dá para eu ler nada. Perdi a visão total num olho num acidente e tenho apenas 20% em outro.
Alguém lhe pediu o título de eleitor?
Uma vez me pediram, mas não lembro pra que era.
A senhora está em algum cadastro do governo?
Eu tenho o Bolsa Família. E também recebo o leite para o meu neto.
A assimetria da mídia na cobertura política quando trata de “mal feitos” do PSDB e de partidos como o PT, PCdoB, PDT ou PSB é algo que beira o ridículo. Não dar mole para os partidos de centro-esquerda não é um problema. A questão é tratar os erros dos partidos de centro-direita com tanta tolerância.

Renato Rovai

No SpressoSP por indicação do escelente ContextoLivre

Etiquetado , , , , , ,

Fernando Morais dá uma merecida surra no politicamente incorreto Leandro Narloch


Do Contexto Livre por indicação do Ronaldo Livreiro

Sem graça, Narloch foi fisgado pela própria inconsistência e por uma necessidade fantasiosa de acreditar no que quer, como quando diz que o “capitalismo é o que de melhor já aconteceu na história da humanidade”. Assista ao vídeo no final do texto.
Quem deu a largada foi o moderador Vandek Santiago. Ele questionou o jornalista sobre as fontes usadas na produção do livro, dentre as quais estavam “as más línguas” em capítulo sobre o relacionamento de Perón, na Argentina, com jovens meninas.Nem as batatas cubanas ficaram de fora da mais animada e polêmica entre as mesas da 7ª Festa Literária Internacional de Pernambuco (Fliporto), que reuniu, em Olinda, os jornalistas Fernando Morais, Leandro Narloch e Samarone Lima. O tema proposto era América Latina para o bem e para o mal e Cuba dominou boa parte da conversa. A segunda parte do debate ficou concentrada nos dois livros de Narloch: Guia politicamente incorreto do Brasil (hoje, o quinto mais vendido no Brasil) e o Guia politicamente incorreto da América Latina (Leya)
Morais se juntou ao debate quando Narloch disse que “vários” cubanos desertaram durante os Jogos Pan-Americanos do Rio, em 2007. “Foram dois”, respondeu. Em outro momento, Narloch afirmou que as conquistas nas áreas econômica e de saúde não valeram a pena para Cuba, o que mereceu o deboche de Morais. “Essa fala me lembrou Nelson Rodrigues, que era um grande dramaturgo e um péssimo político, e que disse que preferia a liberdade ao pão. Pergunte a uma mãe que está enterrando o filho de cinco anos por desnutrição o que ela pensa disso”, disse Morais, que tinha acabado de citar dados da Unesco que mostram que Cuba tem o menor índice de mortalidade infantil entre os países concentrados do sul dos Estados Unidos à Patagônia.
Mais um pouco de conversa sobre liberdade e Cuba e a atenção voltou para Narloch. Fernando Morais, que não leu o livro, mas acompanhou algumas entrevistas do autor, mencionou o caráter marqueteiro das obras. O autor chegou a comentar em uma dessas entrevistas que tinha começado a coleção, que terá um novo volume sobre a história do mundo, para ganhar algum dinheiro. “Estou em pânico. Passei a faculdade lendo Fernando Morais e agora estamos quebrando o pau.”
Samarone Lima, que trazia um dos exemplares cheios “post-it”, disse que encontrou uma série de problemas no livro, mas que o principal dizia respeito ao capítulo dedicado ao general Augusto Pinochet. “É de uma inconsistência dolorosa. Nós, jornalistas, trabalhamos com fontes. Você não pode escrever sobre Pinochet usando como fonte um livro lançado pelo governo golpista”, disse Lima, que encontrou 12 referências ao tal livro oficial no capítulo.“Leandro Narloch se reconhece como uma pessoa de direita. Em um país onde Paulo Maluf se diz de centro-esquerda, alguém de 30 e poucos anos se assumir de direita é de uma honestidade política”, comentou. “Mas seus livros deveriam ter uma errata dizendo que eles se chamam “Guias politicamente corretos”, porque estão remando a favor da maré e absolutamente a favor do vento que sopra na imprensa, especialmente na revista Veja”, completou. 
Enquanto Lima procurava outra passagem, Narloch, já sem graça com a repercussão que seu trabalho tinha ganhado naquele painel, brincou: “Acabou, não dá mais tempo.” Mas deu. Ainda desconfortável, perdeu o fio da meada e foi vaiado quando, mais calmo, também citou Nelson Rodrigues: “Quem não é socialista com 20 anos não tem coração. Quem é com 40 não tem cérebro.”
Foi então a vez de ele contestar uma informação publicada por Morais sobre o episódio das larvas jogadas pelo governo norte-americano nas plantações de batatas em Cuba. “Use um pouco do dinheiro que você ganha com direitos autorais e vá até os Estados Unidos checar isso. Nós não vamos ficar aqui brigando pelas batatas cubanas”, finalizou Morais.

 

Siga o blog Rodopiou no twitter e curta no facebook

Etiquetado , , , , , , ,

Capitanias hereditárias dos séculos XX e XXI


Do facebook do Núcleo Piratininga de Comunicação

Siga o blog Rodopiou no twitter e curta no facebook

Sonsinha não surpreende


A discussão sobre o Pinheirinho ganhou novo fôlego nas redes sociais nesta sexta-feira apesar de a grande mídia driblar mais ainda o assunto. Declarações da ex-vereadora de São Paulo e atual superintendente da Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades (Sutaco) do governo paulista, Soninha Francine, geraram polêmica entre os internautas. No Twitter, ela comentou a questão, e, na mesma linha de pensamento do fascismo tucano-paulista, defendeu a ação feita pela polícia e chamou os moradores de criminosos e oportunistas.

Em um reply às críticas do internauta @jimmygreer, ela disse o seguinte: “Those are criminals taking advantage of the situation, not just ordinary people defendind their land” (Esses são criminosos tirando vantagem da situação, não pessoas pobres defendendo suas terras). Jimmy havia compartilhado uma foto com os dizeres “imagem of people defending their land w/ Shields cut out of barrels, makeshift batons & motorcycle helmets (…) just unreal” (imagem de pessoas defendendo sua terra com barris cortados, bastões improvisados e capacetes de moto … simplesmente surreal).

Não é de se espantar que Soninha tenha feito essas declarações. Ela mesmo que se define como ex-MTV, ex-TV Cultura, ex-Rádio Globo/CBN, ex-Folha de São Paulo,  ex-AOL, ex-PT, ex-esquerdista(essa eu defini), enfim, uma quase ex-tudo, e que é atual PP$ loteada  (e mãe de loteada) no governo paulista.

Não surpreende pois Sonsinha (ou Soninha, como você preferir caro leitor) foi a coordenadora da suja, mentirosa e fascista campanha de José Serra na  internet de 2010. A mesma campanha que compartilhava ódio e mentiras contra a então candidata Dilma Rousseff, espalhando a ficha falsa, o vídeo do fim do mundo, a questão burra de que a presidente liberaria o aborto (matando criancinhas) e outras tantas mentiras e mensagens de ódio que a imunda campanha de Serra e de seus correligionários, espalharam na rede.

Veja a notícia na FSP à época:

Depois de abdicar de disputar cargo neste ano, a ex-vereadora e ex-subprefeita da Lapa Soninha Francine (PPS) vai coordenar a campanha presidencial de José Serra (PSDB) na internet, informa o “Painel” da Folha, editado por Renata Lo Prete.

“Adoro produzir conteúdo(?). Também navegar, ver aquilo que está faltando, o que está disperso por aí, recolher coisas que o Serra já falou, enfim, juntar tudo em algo mais coeso”, afirma ela.

Soninha diz que pretende trabalhar em especial com texto. “Eu escrevo bem(?), gosto, adoro”…

Resumindo, não espanta o fato de que a ex-tudo, que comandou uma campanha imunda, tenha feito uma declaração imunda.

 

 

Siga o blog Rodopiou no twitter e curta no facebook

Etiquetado , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: