Arquivo da categoria: Não categorizado

66 milhões mobilizados para a inércia


Ontem, em mais uma eliminação do Big Brother Brasil, mais de 66 milhões de pessoas em todo o país, se mobilizaram para eleger um dos emparedados da ocasição a retirar-se do programa de maior audiência momentânea da Rede Globo de Televisão.

Vejamos: Mais de sessenta e seis milhões de pessoas é o mesmo ou muito próximo do que a população total da Argentina, Paraguai, Uruguai e Chile. Seria como se todos os habitantes desses países, em poucas horas, ligassem para participar do programa – vale destacar que o recorde do programa é de mais de 155 milhões de votos.

É muita gente para um programa que simplesmente evidencia a vida de pessoas comuns. Mas a crítica não é quanto ao programa ou a vontade das pessoas assistirem. Afinal, cada um escolhe o que quer e tem liberdade para isso.

A questão gira em torno da capacidade ou a falta de capacidade de mobilização da sociedade brasileira para questões, digamos, mais sérias e pontuais.

Se o povo brasileiro tivésse o mesmo entusiamo para a política nacional, os debates no Congresso Nacional ou ainda as discussões promovidas nas esferas da Justiça, supõe-se, que o Brasil estaria em outro nível e a própria população em melhores condições de vida, em todas as áreas.

Um exemplo notório é o projeto Ficha Limpa ou Lei Complementar nº. 135/2010. O Ficha Limpa é uma legislação brasileira originada de um projeto de lei de iniciativa popular que reuniu cerca de 1,3 milhões de assinaturas.

A lei torna inelegível por oito anos um candidato que tiver o mandato cassado, renunciar para evitar a cassação ou for condenado por decisão de órgão colegiado (com mais de um juiz), mesmo que ainda exista a possibilidade de recursos.

O projeto reuniu 1,3 milhões de assinaturas. O Big Brother mobilizou, em apenas uma noite, mais de 66 milhões de pessoas. Para efeito comparativo, apenas em hipótese, seria possível a elaboração de mais de 60 leis originárias da iniciativa população, com mais de um milhão de assinaturas cada uma, de diferentes pessoas, caso direcionássemos a votação do paredão do Big Brother, para a análise e elebaroração de leis, que, certamente, beneficiariam a vida e o dia-a-dia dos cidadãos, influenciando em áreas como saúde, educação, meio ambiente e economia.

Um programa como o Big Brother talvez desvie a verdadeira atenção da população para questões sérias do universo da política. Isso é um problema, mas há tempo para avaliarmos nossas prioridades.

Quem quiser assistir ao programa, siga a assiti-lo, pois o livre arbítrio deve sempre prevalecer. Todavia, façamos uma breve reflexão e uma análise de consciência quanto ao nosso verdadeiro papel na sociedade e se não estamos fugindo, de alguma forma, de responsabilidades. É só uma questão de direcionarmos melhor os esforços.

Siga o blog no twitter e no Facebook

Etiquetado , , ,

Ahhh, o maravilhoso transporte coletivo de Curitiba!


Curitiba sempre – ou durante um tempo – foi um exemplo (sic) em mobilidade urbana e transporte público. É fato. Lá nos idos dos anos 70, quando o então prefeito Jaime Lerner, junto com os técnicos do IPPUC planejaram o modal,  houve certamente um planejamento para que as pessoas dessem preferência ao ônibus, que teve inovações como as estaçôes tudo, os expressos, a rede integrada, etc. Para uma cidade a sua época, foi ótimo, até futurista.

O tempo passou e as transformações vieram. A cidade cresceu, várias indústrias se instalaram, a população aumentou, enfim,  tudo aquilo que uma metrópole sofre.

Foto do Gustavo Lopes no Facebook – Maravilhosa vista do eficiente transporte coletivo de Curitiba.

Com o transporte público as mudanças também vieram. Só que para pior. Os ônibus ficaram lotados,  os acidentes aumentaram,  a tarifa SÓ aumentou – tirando a jogada de marketing que o então vice-prefeito Beto Richa fez em 2004, diminuindo R$0,10 da tarifa, para ter visibilidade e claro dar início a sua campanha -, mas o que considero pior é que o sistema continua sem transparência. Continua porque os empresários que dominam o sistema hoje, dominavam ele há 50 anos atrás, e a planilha de custos é visivelmente desonesta.

De fato não foram feitas mudanças estratégicas e que realmente resolvessem os gargalos do sistema. Colocaram lá um ônibus azul que dizem ser o maior do mundo, deram uma arrumadinha nos terminais, e fizeram a rua mais cara do mundo, conhecida como Linha Verde.

Cena cada vez mais comum

A cidade que era modelo por ser planejada urbanisticamente, hoje é modelo em propaganda de um sistema falido. Isso é indiscutível. Fzem propaganda com algo que o Lerner fez na década de 70.

Mas é claro que tudo para os nossos administradores está tudo Ó-TI-MO!

“Curitiba tem a imagem, dum paraíso na terra”, já diz o hino da cidade.

Segundo postagem do super isônomo e insuspeito jornalista(?) Fábio CampanHa, 84% da população (hein?) aprova o sistema de transporte público de Curitiba, conforme pesquisa (encomendada adivinhem por quem?) da Paraná Pesquisas.

CUMU É QUE É?!

Ah, eu sei, vão sobrar conformados, e virão com as pérolas:

“-Ahh pare de chorar Cleverson, em São Paulo é pior”

“-Eu conheço BH e em BH é pior!”

“-Já foi no RJ? É  horrível!”

“-Na PQP é pior, eu conheço!!!”

Sem mediocridades por favor! Cada cidade com suas particularidades.

2012 tá aí, propaganda e campanha antecipada à rolé.

Vamos de fato debater e exigir as melhorias para o transporte público de Curitiba? Ou Curitiba ficará conhecida não como cidade modelo em planejamento para o transporte público para milhares de pessoas, mas sim modelo em transporte de prefeitos do Palácio 29 de Março para o Palácio Iguaçu?

Você aprova o sistema de transporte público? Vote na trepidante enquete:

BOMBA! Alvaro Dias apresentando denúncias de “A Privataria Tucana”


A foto que você NÃO vai ver!

#19


 

Unila abre inscrições para o vestibular 2012


A Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), com sede em Foz do Iguaçu (PR), abriu as inscrições do vestibular 2012 para estudantes brasileiros. O período vai até 13 de janeiro. A instituição oferece 388 vagas, em nos 16 cursos de graduação:

  • Antropologia
  • Arquitetura e Urbanismo
  • Ciência Política e Sociologia
  • Ciências Biológicas
  • Ciências da Natureza
  • Ciências Econômicas
  • Cinema e Audiovisual
  • Desenvolvimento Rural e Segurança Alimentar
  • Engenharia Civil
  • Engenharia de Energias Renováveis
  • Geografia
  • História
  • Letras
  • Música
  • Relações Internacionais
  • Saúde Coletiva

Para concorrer a uma vaga, o candidato deve ter prestado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011 e ter concluído ou estar perto de concluir o ensino médio. A avaliação terá como base as nota obtidas no Enem.

Os cursos de cinema e audiovisual, música, arquitetura e urbanismo e saúde coletiva são ofertados pela primeira vez.

A Unila reserva ainda 387 vagas para alunos oriundos dos demais países latino-americanos, que são selecionados com base nos critérios estabelecidos pelo país de origem.

As inscrições devem ser feitas na página da Unila na internet,

Mais informações

E-mail: selecao.alunos2012@unila.edu.br

Telefone (45) 3576-7309,

http://twitter.com/#!/unila

Uma Nova Porta


“Quando você pensar
Que ninguém se importa
Feche os olhos
E verá que Deus está lá
E se você estender a mão
Ele vai fazer o mesmo
Basta perguntar por aquilo que precisa
Em nome de Jesus
Não se envergonhe

 

Eu sei que você não pode considerá-lo
Eu sei que você
Não pode levar consigo mais
Eu sei que você não pode fingir
Eu sei que você
Não pode fingir mais
Agora é a hora de você
Abrir uma nova porta

 

Agora é a hora de você
Abrir uma nova porta”
Lenny Kravitz – A New Door

O amigo importuno


O amigo importuno

Imagine que você vá à casa de um amigo, à meia-noite, e lhe diga:

– Amigo, empreste-me três pães. É que um amigo meu acaba de chegar de viagem, e eu não tenho nada para lhe oferecer.

E imagine que o amigo responda lá de dentro:

– Não me aborreça! A porta já está fechada, e eu e os meus filhos estamos deitados. Não posso me levantar para lhe dar os pães.

Se não se levantar por ser amigo dele, pelo menos vai se levantar por causa do aborrecimento e dará tudo o que o amigo precisa.

Por isso, peçam e receberão; procurem e acharão; batam, e a porta se abrirá. Porque todos que pedem recebem; aqueles que procuram acham; e a porta se abre para quem bate.

Lucas 11: 5 a 10

Revista Fórum


Edição 101 na íntegra.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Movimento se-pa-ra-tis-ta faz marchinha em São Paulo


Parece coisa da década de 30, mas não é. O MRSP (Movimento República de São Paulo) organizou uma marcha, uma marchinha, neste sábado na capital paulista. O movimento prega a separação do estado mais nordestino do país (só para lembrar). Não sei por que, mas algo me diz que, várias dessas pessoas eram daquelas que em 2010 falavam aos quatro ventos que se Dilma Rousseff fosse eleita presidenta do “Brazil”, iriam para os EUA, para o Canadá ou para o Japão. Por mim que fossem, o Brasil não merece eles, ou melhor, eles não merecem o Brasil. Só para regitrar: Até agora não cumpriram a promessa.

Segundo o blogueiro @ComandanteJonas, esse movimento é a versão “SURTEI” do finado “Cansei”.

Vale a pena o post do Prof° Hariovaldo Almeida Prado: Milhões marcham pela libertação de São Paulo e relembrar o caso “Mayara Petruso/#Nordestinto” que foi defendida por integrantes do movimento separatista de São Paulo.

MRSP se encontrou no van do Masp na manhã deste sábado. (Foto: André Luís Nery/G1)

MRSP se encontrou no van do Masp na manhã deste sábado. (Foto: André Luís Nery/G1)

Polícia escoltou os participantes da marcha. (Foto: André Luís Nery/G1)

Polícia escoltou os participantes da marcha. (Foto: André Luís Nery/G1) // Mais ou menos um policial para cada manifestante.

.

Lua


Segundo a @MidiaCrucis, para variar os temas politicos e dar uma contrabalançada. Segundo ela, Che era mestre nisto..poesia…íh, olha a política aqui de novo!

Lua 07.07.11

Para começar a sexta, no clima de lua, do “Dark Side of the MoonAny Colour You like. Brain Damage e Eclipse do Pink Floyd

Irã lançará internet própria de 20mb. Já o PNBL…


Enquanto no Irã, o governo lança uma rede própria de internet, com velocidade entre oito e vinte megabytes, no Brasil o governo lança um plano de internet operado pelas teles à R$35,00, com a mísera velocidade de 1 megabyte. Isso porque muita gente reclamou, se não meu amigo, as teles iriam oferecer 300kb por R$35,00. Lembrando que eles te vendem 1mb, mas entregam (quando entregam!) uma velocidade geralmente bem menor. Lá a censura é a de não poder ter acesso a alguns sites, aqui é a censura de não ter acesso a um serviço de internet decente.
____________________________

Tradução do Google (:P), texto indicado pela @MidiaCrucis

O surgimento dessa Internet nacionais, que o governo é apresentado como uma rede que irá aumentar a velocidade e reduzir as taxas de assinatura.

A Internet no Irã estará disponível na primeira semana de testes apenas para alguns usuários, a partir daí ele vai disponibilizar para os outros cidadãos
Rész Taqipour, o ministro iraniano das Comunicações, anunciou que no final de agosto, o país vai começar sua própria rede de internet. Uma internet que como anunciado estará disponível a uma velocidadeentre 9 e 20 megabytes.

Entre os regulamentos que irão surgir a partir do lançamento, um é a erradicação da Google, não só como navegador principal, a eliminação completa do browser criado pelo governo. É Haq (wink Yahoo para significar “chamar a Deus”) irá procurar a primeira prioridade e único na rede e vai lançar no início de 2012.

Fonte:  YVKE Mundial

Contra aborto bispo afirma que geralmente o estupro acontece com o consentimento da mulher


Do Clubecetico.org

 

Em 2005, o Ministério da Saúde editou uma norma técnica para os casos de aborto permitidos por lei e determinou que a vítima de estupro não precisaria apresentar um Boletim de Ocorrência (BO) para fazer o aborto, com base no Código Penal. Para o bispo católico dom Luiz Gonzaga Bergonzini, da sede da diocese de Guarulhos em São Paulo, foi uma ação para flexibilizar a prática e tornou-se uma brecha.

O bispo continua o raciocínio. “A mulher fala ao médico que foi violentada. Às vezes nem está grávida. Sem exame prévio, sem constatação de estupro, o aborto é liberado”, declara, ajeitando o cabelo e o crucifixo.

“Vamos admitir até que a mulher tenha sido violentada, que foi vítima… É muito difícil uma violência sem o consentimento da mulher, é difícil”, comenta. O bispo ajeita os cabelos e o crucifixo. “Já vi muitos casos que não posso citar aqui. Tenho 52 anos de padre… Há os casos em que não é bem violência… [A mulher diz] “Não queria, não queria, mas aconteceu…””, diz. “Então sabe o que eu fazia?” Nesse momento, o bispo pega a tampa da caneta da repórter e mostra como conversava com mulheres. “Eu falava: bota aqui”, pedindo, em seguida, para a repórter encaixar o cilindro da caneta no orifício da tampa. O bispo começa a mexer a mão, evitando o encaixe. “Entendeu, né? Tem casos assim., do “ah, não queria, não queria, mas acabei deixando”. O BO é para não facilitar o aborto”, diz.

O religioso conta de uma ação para dificultar o aborto em Guarulhos. Sua mobilização fez com que o Ministério Público notificasse o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo e o sindicato dos profissionais de saúde de Guarulhos, Itaquaquecetuba e Mairiporã sobre a proibição da prática sem o BO, inquérito policial e autorização judicial.

Dom Bergonzini acha que “a pessoa que se julga vítima” tem de fazer o BO e apontar o nome do agressor. “Filha, não existe nada debaixo do sol que não seja conhecido. É muito difícil. Se a pessoa fizer questão mesmo, vai fazer exame de espermatozoide, etc, vai descobrir [quem é agressor]. A Justiça tem de ir atrás.” Para o bispo, com essa ação em Guarulhos, a igreja “deu um passo à frente, embora, mesmo nesses casos, o aborto seja inaceitável”.

A discussão sobre o aborto logo voltará ao centro do debate no país e o bispo diz estar preparado para orientar os fiéis. Em agosto, o Supremo Tribunal Federal deve julgar a jurisprudência dos casos de anencefalia fetal.

Dom Bergonzini argumenta que a ciência não é infalível e, por isso, nada garante que o bebê nascerá sem cérebro. O bispo diz conhecer um caso em que foi diagnosticado anencefalia e recomendado o aborto, mas que a criança nasceu “perfeitamente sã”.

A profissão de fé do bispo, jornalista e blogueiro é a luta pela “defesa da vida, contra o aborto”. O tema é um dos mais abordados em seu blog. Na internet, os textos “em defesa da vida” são os que levam sua assinatura. Os artigos que debatem o homossexualismo são assinados por terceiros.

Super Nepotista: O novo super-herói paranaense!


É um governador?

É um “j”estor?

É um pia de prédio? (éh, também!)

Não! é o Super-Nepotista!

Lá vem o Super Nepotista e com seu super xoque de jestão!

A idéia é do @ContraBetoRicha

Sete anos de pastor


Sete anos de pastor Jacob servia
Labão, pai de Raquel, serrana bela;
mas não servia o pai, servia a ela,
e a ela só por prémio pretendia.

Os dias, na esperança de um só dia,
passava, contentando-se com vê-la;
porém o pai, usando de cautela,
em lugar de Raquel lhe dava Lia.

Vendo o triste pastor que com enganos
lhe fora assi negada a sua pastora,
como se não a tivera merecida,

Começa de servir outros sete anos,
dizendo: Mais servira, se não fora
pera tão longo amor tão curta a vida!

(Luís de Camões)

Etiquetado , ,
%d blogueiros gostam disto: