Pessoas de esquerda são mais inteligentes que as de direita, aponta estudo

Um polêmico estudo canadense que inclui dados coletados por mais de 50 anos, diz que as pessoas com opiniões políticas de direita, tendem a ser menos inteligentes do que as de esquerda. Ao mesmo tempo, adverte que as crianças de menor inteligência tendem a desenvolver pensamentos racistas e homofóbicas na idade adulta.

Para ler o post completo acesso o novo link: http://rodopiou.com.br/?p=2166

Etiquetado , , , , ,

188 pensamentos sobre “Pessoas de esquerda são mais inteligentes que as de direita, aponta estudo

  1. Jorge Silva disse:

    acredito que este estudo seja absolutamente ideológico e tendencioso servindo de pseudo-justificativa cientifica para embasar um esforço interdisciplinar para reduzir os reais impactos do pensamento revolucionário/esquerdista junto a sociedade humana, servindo a um crescente aparelhamento das instituições acadêmicas, os nacionais socialistas da alemanha de Hitler “convenceram” milhares de médicos a encontrar justificativas científicas para justificar as imperfeições das pessoas que não interessavam a linha do partido. Stalin era menos púdico em relação aos indesejáveis.

    • luizskora disse:

      Jorge.

      Apesar de seu esforço retórico acho que vou discordar de ti.

      Veja bem que apesar do estudo realmente parecer tendenciosamente ideológico, a prática da vida moderna já comprovou há muito tempo os dados da pesquisa.

      Afinal a maioria das pessoas inteligentes que nos rodeia têm tendências mais a esquerda na vida e na política. Claro também que inteligência não implica necessariamente em sucesso pessoal e, no caso dos que alcançaram este sucesso, existem muitos que não se alinham com as idéias da esquerda. Claro que para eles, algo assim seria como negar os meios pelos quais atingiram este sucesso pessoal.

      Já no caso da citação sobre nazistas, devo informar que primeiro trata-se de uma ideologia de extrema DIREITA e segundo, que não foram “milhares” de médicos doutrinados pela propaganda nazista e sim, apenas uma dúzia deles que proporcionaram toda aquela barbárie que a história contemporânea nos conta.

      Portanto, antes de escrever este seu verborrágico texto, ao menos deveria buscar fontes fiáveis e conhecer ao menos o mínimo da história dos nossos tempos.

      Em tempo:
      Ser de esquerda não implica necessariamente em ser PT Lulodilmista. Do mesmo modo que ser direita não implica necessariamente em ser PSDB Serra/richa. São coisas completamente diferentes, são posicionamentos partidários e não ideológicos.

      • Conrado Scorciapino disse:

        Nazismo tem ideologia de extrema direita?! Meu amigo, por um acaso o senhor estudou história?!

      • Kadu disse:

        Luis, apesar do seu esforço retórico, sem dúvidas vou discordar de você.

        Pra começo de conversa, embora o texto original se salve, é completamente tendenciosa a tradução, que trata os liberais e conservadores da política norte-americana como se fossem a esquerda e a direita da política no Brasil. Não sei se é porque vivo num ambiente universitário, mas “esquerda” evoca, para mim, partidos como o PSTU, cuja ideologia não poderia ser mais diferente dos ideais liberais.

        Além disso, desde quando resultados de experimentos psicológicos podem ser extrapolados dessa maneira? Psicologia não é “hard-science”, esse resultado vale para a população que foi estudada, mas não necessariamente se aplica a outras populações até que se façam experimentos com estas.

        Isso pra não falar de quão questionável é o uso de testes de QI como medida de inteligência. Esse é um dos tópicos abordados por Gould no livro “A falsa medida do homem”, que aponta, entre outras coisas, que os mesmos indivíduos, ao realizar diferentes testes de QI, obtêm diferentes resultados. O próprio Binet, que criou o teste, não o batizou dessa maneira e negou que o teste possibilite estimar a inteligência de um indivíduo.

        Passando para os seus argumentos, quem é a “maioria das pessoas inteligentes que nos rodeia”? E como exatamente você propõe que se meça a inteligência das ditas pessoas? Por mais analfabeto que seja, o Lula tem muito mais inteligência política do que, digamos, o Miguel Nicolelis. E entretanto pouca gente informada precisaria pensar duas vezes para responder quem é o mais inteligente entre ambos.

        Assim, embora o Jorge possivelmente esteja errado quando diz que o estudo é tendencioso, ele não estaria se falasse da tradução do estudo feito neste blog. Que é, sem sombra de dúvida, um blog tendenciosamente ideológico, de maneira que o próprio contexto onde o post está inserido já não deixa dúvidas sobre a interpretação que o autor faz, para evitar a fadiga de seus leitores. Então, por mais verborrágico e desinformado que seja o comentário do Jorge, perceba que à sua análise também faltou profundidade.

        Por fim, concordo com você que ser de esquerda no Brasil não signifique ser petista (aliás, achei até engraçado você alinhar o PT na esquerda). Mas a esquerda e a direita, neste país, podem até diferir em ideologia, mas não em conteúdo (leia-se podridão). Mudam as moscas, mas…

      • Melissa Benito disse:

        Só uma observação: para quem não sabe, PSDB vem da “social-democracia”, que, para quem já estudou, é um princípio de esquerda, derivado do marxismo. Não acho que a matéria se refira realmente a partidos políticos, mas sim a posições relativas à realidade e ao idealismo: conservadores (que gostariam de manter a ordem, através dos instrumentos já conhecidos, a favor do “status quo”) e liberais (que procuram mudar a realidade e muitas vezes são mais revolucionários)

      • Alexis de Tocqueville disse:

        Primeiro: Diversos pensadores consideram o Nazismo e o Fascismo como ideologias de esquerda por suas idolatrias ao Estado.
        Segundo: Desde quando o liberalismo é uma vertente da esquerda? A Revolução Francesa já se passou a mais de 200 anos, pasmem!
        Terceiro: A maioria da esquerda se sobrepôs após regimes ditatoriais com massiva propaganda anti-direita, principalmente do Estado (que obviamente encontra grandes vantagens ao concentrar para si a maior parte das atribuições privadas, o que justifica a expropriação exagerada da renda da população). Eles ocuparem altos cargos não é uma questão de mérito, mas meramente de apadrinhamento e pesada lavagem cerebral perpetrada por décadas.
        Quarto: Essa pesquisa não só está recheada de viés ideológico como também apresenta noções erradas do que são as correntes políticas. Associar o conservadorismo ao comodismo é um erro crasso. O conservadorismo é muito mais complexo que isso, e não tão sedutor por carecer de radicalismos. E pior ainda quando associa o preconceito racial e de orientação sexual à Direita Política. Isso é a maior expressão de que essa “tese” está repleta de conteúdo ideológico. Num passado não tão remoto gays eram submetidos a trabalhos forçados em Cuba e na URSS… Stalin e Fidel eram de Direita também? Essa é a diversidade apoiada pela esquerda…

      • Carlos Eduardo disse:

        Depois que li o texto sobre a pesquisa, passei para os comentários, e eu fiquei mais tempo lendo os comentários alguns até mais interessantes que o próprio texto, mas que tem gente que estar aquém de si mesmo, tem viu e notório nos depoimentos.

      • Cleusa disse:

        Perfeito seu texto, concordo com tudo o que vc disse. Parabéns!

      • HenriqueP disse:

        O único “pensador” que eu conheço (por motivos cômicos) que considera que o nazismo é uma ideologia de esquerda é o Olavo de Carvalho. Gente séria e com um mínimo de bom-senso nunca diria semelhante despropósito. A direita é a ideologia que prega que somos diferentes e que assim devemos ser tratados. A esquerda busca a igualdade. O nazismo diz que uns são superiores e outros inferiores. O ponto básico do nazismo é a superioridade de uma raça. Não é possivel ser mais de direita do que uma ideologia que afirma que certas etnias nem sequer são completamente humanas. O nazismo apresentava a “meritocracia” dos arianos, seus “grandes feitos”, para provar que eram melhores que o resto. Isso é a direita na sua mais pura essência.

      • rafael disse:

        SABEM O Q SERIA LEGAL, AQUI E EM OUTROS SITES/BLOGS COM DISCUSSÕES DIREITA/ESQUERDA???
        se justapuséssemos as respostas/comentários dos esquerdistas, dava um livro, com explicações d como se dão processos, com mil reflexões, variadas, mostrando inclusive o velho problema da divisão das esquerdas.
        se se fizesse o mesmo com as respostas/comentários de direita, por sua vez, muito pouco se salvaria do mais puro clichê.
        experimente ler só os d direita…
        discursivamente raso.
        repetitivo.
        argumentos tirados das páginas amarelas da veja: basta uma – como ver um episódio d novela e saber da novela toda.

    • Cabo Canavial disse:

      Jorge Silva, não adianta você escrever palavras com cinco sílabas, ja está provado: você é burro!

      • Carolina disse:

        Que comentário cretino, meu querido Cabo Canavial. Poupe-nos dos seus preconceitos e se quiser discutir qualquer coisa traga algum argumento menos vazio e mais informativo, por favor.

      • gmg1985 disse:

        Foi mal Jorge Silve, mas concordo com o Cabo Canavial.

    • João deToledo disse:

      Tai mais uma prova: um conservador que não sabe usar uma concordância ou elaborar argumentos de modo convincente…

      • Vector Clausewitz disse:

        Conheço muito esquerda que também não sabe escrever, ou que às vezes falha gramaticamente, o que é mais próprio da natureza humana e de outros fatores que próprio de posição política. Normalmente, associar uma conduta ou personalidade reprovável à política, achando que faz bem ao fazer isso, e não a uma questão de ciência é joguete, para conquistar poder pro próprio grupo. Aliás, para entender boa parte da política basta entender profundamente de poder: manutenção, conquista, etc. Muitos comunistas e capitalistas só diferem nos defeitos, porque em algumas coisas são iguais. E, obviamente, estudos estatísticos, como este aí, são amostras localizadas, não generalizáveis.

    • Ariosvaldo Kiister Siqueira disse:

      Pô, Jorge, você, claramente intoxicado pela sua ideologia esquerdóide ultra-radical, não teve inteligência suficiente para entender o que leu. A pesquisa, por mais viés ideológico que possa ter, está defendendo os de esquerda! Portanto, pra que tanta indignação de manual?? A comparação com Hitler é absolutamente deslocada. Ainda: faltou crase em “à linha do partido” e é “pudico”, não tem acento. Vai estudar coisas mais sérias, vai, rapaz.

    • Fitti disse:

      Depois deste comentário, acredito que o estudo é verdadeiro!

    • Altair Palhano disse:

      Nunca li, tantas coisas desconvexas em tão poucas palavras! CONVENCIMENTO? Entao voce acha que Hitler convenceu os médicos?? Nossa…Roosevelt também convenceu os pilotos a enfiarem duas bombas atomicas no Japão…Stalin convenceu os oficiais a matar 20 milhoes de Judeus. Sua lógica é no minimo ¨infame¨

      • mikhailovna disse:

        ‘Stalin convenceu os oficiais a matar 20 milhoes de Judeus.’ QUAL PARTE DA HISTÓRIA EU PERDI PRODUÇÃO?

      • GutoLoco disse:

        Roosevelt mandou bombas sobre o Japão? Que eu saiba, foi Truman. Vinte milhões de judeus mortos por Stalin? Quem disse que os espiões e sabotadores eram todos judeus? E quem disse que foram vinte milhões? Suas fontes gistóricas são PÉSSIMAS, meu caro amigo!

      • Renan vidal disse:

        Altair vc esta passando vergonha nesse exato momento!

    • samuel disse:

      o engraçado é que todos q estão opinando (e se dizendo de esquerda) apenas tem um conhecimento superficial de marx e o unico contato com “esquerda” é uma camiseta estampada com o “che”! as defesas de teses esquerdista não é mas por conhecimento mas por “religião”!

      • bruno disse:

        reescreve isso Samuel, troca alguns “s” de lugar que melhora… e volta pro colegial!

      • Danilo Alencar disse:

        Caro Samuel,

        Preserve sua identidade ao discursar tolices. O uso de grandes nomes como Karl Marx apenas contraria a sua frágil e rasa tese. Ora, analisemos: pensadores direitistas, conservadores, conhecidíssimos por termos como empacadores de revoluções benéficas, defendem rigidamente argumentos atemporais, uma vez que a vulnerabilidade a riscos os tornam apenas amebas indefesas. Pensadores esquerdistas, por sua vez, compreende que a abertura mental revela novos horizontes às mazelas, em aparência, insolúveis. São estes que permitem a desenvolvimento da teia social, o progresso da Terceira Revolução Industrial e encontro da cura de inúmeras enfermidades. Portanto o vocábulo, designado com intenções pejorativas, ”religião” (conservadorismo), pertence aos direitistas e não aos esquerdistas. Raciocine antes de escrever.

    • Nath disse:

      Jorge Silva: eu (ri e) vou ter que concordar com o colega ali abaixo. Não adianta você escrever palavras de cinco sílabas. Está provado: você é burro.

    • Ana Rita disse:

      Jorge, desculpe mas lancei um pequeno sorriso quando li o seu comentário. Pensei “lá está, ideias novas não combinam com conservadores, é mais fácil ficar como está”.

    • Krause disse:

      O mais engraçado é ver pessoas exagerando nas palavras e expressões “complexas” com um vocabulário extremamente refinado (conferido milhares de vezes no Google antes de postar, é claro) pra mostrar como seus argumentos são inteligentes. Talvez devessem ter se preocupado mais em colocar inteligência no verdadeiro conteúdo de suas respostas…

    • Furlan disse:

      Acho que devíamos fazer um teste de Q.I. em você, pra testar a eficácia do estudo.

    • bruno disse:

      “acredito que seja”…?

    • Diego disse:

      Pudico. Sem acento. Isso e o nacional socialismo é era um partido de extrema direita, não de esquerda (independente do nome).

    • José Francisco disse:

      Meu caro Jorge, os nacional-socialistas do Hitler nada tem a ver com o socialismo. Quem conhece minimamente a história sabe que ele se utilizou de tudo que estava ao seu alcance para criar um partido de massa, inclusive o nome (socialista) num partido altamente conservador, preconceituoso e radical. A simbologia utilizada pelo NSDAP abrangia desde a águia da época da monarquia à cor vermelha dos socialistas, para criar a confusão e dar a impressão de um apoio massivo quando este ainda não existia. A tua opinião confirma o estudo plenamente, lamento dizer.

      • The Studio disse:

        Normalmente não perco tempo com pessoas que não sabem o que dizem, mas vou abrir uma excepção. O Nazismo é em tudo uma cópia do Fascismo de Mussolini, de quem Hitler era um grande admirador. Tudo foi copiado, até a figura do “Furher” foi copiada do “Duce”. E quem era Mussolini? Pois bem, era um destacado dirigente do partido comunista italiano que se desentendeu e criou o seu próprio partido. Fascismo e comunismo são basicamente a mesma coisa. Se ler a descrição de um e de outro não sabe qual é qual. É isso que tem piada, quando vocês falam do nazismo e do fascimo estão na verdade a fazer uma auto-crítica.

    • José Francisco disse:

      Ah, e outra coisa: pra esse pessoal que não conhece os diferentes conceitos de liberal e conservador, liberal nos Estados Unidos pouco tem a ver com liberal daqui. Lá tem, sim, um viés mais de esquerdaessariamente esquerda, mas MAIS de esquerda), e aqui não. Outra coisa: PSDB vem, sim, de social democracia. No entanto, há muito este conceito deixou de existir no Partido, que aderiu à ideologia neo-liberal (que aqui significa o mais distante possível de esquerda), da mesma maneira que o PPS (Partido Popular Socialista) não tem absolutamente nada de Popular, muito menos de socialista, e é só ver quem compõe a sua liderança…

    • Toni disse:

      Queridos esquerdistas, eu concordo que voces sao mais inteligentes. Sabem pq? Pq vcs sao mais criticos, e quem eh mais critico, costuma pensar mais. Porem, sao tambem metidos a intelectuais (a raca mais inutil que o Brasil tem). Logo, admito, vcs sao mais inteligentes e também leem mais, porem, NAO TEM ATITUDE!!! Por isso todos empresarios, pessoas de sucesso, etc. sao de direita. Pq ao inves de debater, ler muito e filosofar sentado, ELES TRABALHAM e fazer a economio girar, pra depois gerar MUITO imposto pra financiar os estudos dos proprios esquerdistas intelectualoides ( que felizmente a cada dia que passa sao menos ouvidos pelo povo). E VOCES NEM PRA DIZER OBRIGADO????

    • Joao disse:

      Porque é que as pessoas de direita escrevem assim?
      é que não tem jeito nenhum

  2. Maria Velasques disse:

    Com certeza quem realizou esta pesquisa é de esquerda, puxa a sardinha pro seu lado kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.Onde já se viu avaliar pessoas em cima de política ridículo.

    • Guilherme disse:

      Os de direita são mais burras mesmo. Não leem o texto e saem emitindo opinião pelo título…

      • Vector Clausewitz disse:

        “Os de direitas são mais burrAs mesmo…”

        Por que você, ao escrever uma coisa dessas, e com certeza se declarando, indiretamente, mais inteligente, usou adjetivo no feminino para substantivo que você mesmo colocou no masculino?

        Depois ainda quer falar alguma coisa… ¬¬

    • DeDireita disse:

      Onde já seu viu avaliar “inteligência”, isso sim. Mega igualdade e mega inteligente, né.

    • Carlos disse:

      Leia e entenda o texto pra dps escrever…nem que o faça mil vezes pra isso. Por favor.

    • sarah albuquerque disse:

      maria velasquez você tem razão eu sou do centro mas acredito que não tem nada a ver esse estudo com a realidade existem inteligentes dos 2 lados da moeda isso independente de politica mas convenhamos que na esquerda seja raro alguem inteligente.

    • GutoLoco disse:

      A sua grafia horrível, sua gramática tosca e suas risadinhas de “adolescente interneteiro” (“kkk”) apenas corroboram com o resultado da ésquisa, meu caro.

    • GutoLoco disse:

      ERRATA: A sua grafia horrível, sua gramática tosca e suas risadinhas de “adolescente interneteiro” (“kkk”) apenas corroboram com o resultado da pesquisa, minha querida.

  3. Luide disse:

    [Comentário não aprovado por desrespeitar as regras de comentários]

    • sarah albuquerque disse:

      não postaram meu comentario que não tinha nada demais nem nem partidos sou do centro mas percebi que esse é um blog altamente tedêncioso formado por ratos esquerdista que censuram a verdade.

      • Rodopiou disse:

        Não foi nada censurado, apenas não ficamos 24 horas por dia aprovando comentários. Um pouco de educação não faz mal Sarah.

        Em relação ao blog ser tendencioso, NOSSA! grande constatação a sua! Somos obrigados então a manter a neutralidade?

        Não temos compromisso nenhum em ficar em cima do muro.

  4. Aline Lopes disse:

    que estudo? publicado por qual autor? em qual revista?

  5. megeugenia disse:

    Meu amigo tu cutucou num vespeiro né? Os caras repetem o discurso político de sua meia dúzia de líderes que vive no tempo das cavernas, que só quer poder (poder esse pra humilhar os pobres) pq dinheiro essa gente tem e agora de monte. Eu nem discuto com gente com cérebro limitado que não enxerga benefícios sociais, que só se sente bem no luxo sabendo que o mundo moderno não é mais isso, nosso mundo é limitado. Gente de esquerda sempre quis repartir o que tinha, ao contrário de certas pessoas que vão na missa de manhã, fazem penitência e depois entram na internet bradar contra um mísero auxílio comida que um governo deu. Não tenho nem saco pra essa gente, que sempre pensou só no seu umbigo e se contenta só com PODER, poder, E PHODER com os outros.
    Viva a esquerda, mesmo que hoje no Brasil ela esteja perdendo sua essência.
    Eu preciso de pouco, na verdade 5 ‘as’: ALIMENTO, ABRIGO, AR, AGASALHO E ÁGUA
    Presente pra galera de direita:

    • Pedro disse:

      Você não está afim de discutir mas postou um comentário relativamente agressivo. Você precisa de pouco: alimento, abrigo, ar, agasalho e água, mas se você escreveu este comentário é porque você tem mais que isso, tem internet e computador. Esse discusso vazio de direita e esquerda é velho e não leva a nada. Muito menos esse discurso de necessidades básicas. O ser-humano há muito tempo fugiu dessa coisa de viver somente de necessidades básicas. Precisamos de opiniões mais consistentes e evoluídas, que acrescentem algo. Mas valeu a tentativa!
      Em relação ao artigo, achei tendencioso e suspeito, porém devemos ter pesquisas de todos os tipos, é assim que a ciência evolui, com acertos e erros.

      • José Francisco disse:

        Sim, porque pessoas de esquerda não tem direito a ter computador… E tem outra: o ser-humano que já tem as suas necessidades básica supridas realmente pensa em ter mais, o que tu não te deu conta ainda é que existem milhões de pessoas que não tem nada pra que alguns poucos tenham o que não precisam. Pimenta nos olhos dos outros é colírio!

      • GutoLoco disse:

        O fato de uma pessoa de esquerda ter um computador delegitima o seu “esquerdismo”? O discurso de “alimento”, “moradia” e condições dignas de vida é ultrapassado para você? Pedro, esse seu comentário conseguiu ser o mais imbecil que eu li aqui, pelo menos até agora. Você e as suas opiniões apenas fazem corroborar a afirmação de que as pessoas de direita, como você, são completos idiotas.

      • rafael disse:

        há algum tempo, pedro, eu ouvia muito dizer q esquerda nem existia.
        no entanto havia oposição ao sistema de propriedade privada dos bens d produção – o ponto fundamental.
        evidentemente, se as maiorias não legitimassem a propriedade privada dos bens d produção, se não aceitassem a legalidade da posse do capital: latifúndios, usinas, empreiteiras, por exemplo… as coisas seriam no mínimo bem diversas.
        isso mostra q a idéia d q o “discusso vazio de direita e esquerda é velho e não leva a nada” é falsa.
        verdade: se ficar só no discurso, não leva a nada.

  6. Anônimo disse:

    “Indivíduos com menores capacidades cognitivas gravitar em torno de ideologias conservadoras que mantêm as coisas como elas são”.
    Isso quer dizer que nos paises socialistas os mais inteligentes são de direita?
    Parece que a inteligencia não tem nada a ver com a ideologia política, mas sim com manutenção ou não do status quo.

    • Lucas disse:

      Justo. A pesquisa ocorreu numa Universidade no Canadá e se sabe que lá direita e esquerda tem uma conotação distinta da que temos aqui. Lá direita são os conservadores e esquerda os liberais, mas ambos defendem o capitalismo como sistema econômico e a democracia como sistema político. Diferem, todavia, em assuntos relativos a impostos e políticas públicas e assuntos de comportamento e regras sociais. Aqui, esquerda designa pessoas mais alinhadas com o socialismo e a direita a pessoas que pretendem conservar o status quo econômico, social e político. Ou seja, antes de interpretar o texto a seu modo,é importante ter em mente as diferenças político/sociais desses conceitos nos países a serem comparados.

      • Luiz Morais disse:

        Lucas, falou tudo!
        Até porque essa mania de se falar em direita e esquerda mostra, claramente, o desconhecimento da origem do termo. Direita significa a Câmara dos Lordes na Inglaterra e esquerda a Câmara dos sindicatos. Nenhum dos dois lados tem ideologia socialista, simplesmente são separados os da nobreza e dos sindicatos, cada um defendendo seus interesses separados por não mais que tres metros de distância no parlamento. Nada de ideologia socialista envolvida no assunto, mesmo porque o parlamento inglês é assim desde muito antes de existir socialismo.

    • Anônimo02 disse:

      Não necessariamente. Nos países socialistas os mais inteligentes ficaram ainda mais a esquerda. Esses foram chamados de “esquerdistas”, inclusive, e fizeram as mais duras crítica ao comunismo de Estado, muito mais que os direitistas que, assim como no Brasil de hoje, reclamam no início, mas com o tempo acabam apoiando qualquer regime que mantenha a ordem.

      Outra coisa que o povo parece que não entendeu é que “Maioria” não significa “totalidade”. Ou seja, infelizmente há pessoas inteligentes na direita.

      Por último, “inteligência” não é um conceito monolítico, fechado. Há variações de interpretação. Sensibilidade estética ou capacidade de se comunicar podem ser considerados itens fundamentais da inteligência para uns, enquanto para outros o raciocínio lógico-matemático é o que importa.

    • Rogério H disse:

      “Parece que a inteligencia não tem nada a ver com a ideologia política, mas sim com manutenção ou não do status quo.”

      Mas é exatamente isso. No exemplo que você deu…não, a direita não é mais inteligente nos países de esquerda porque a questão não é ser vanguarda ou não. É sobre ser conservador ou não. Nos países de esquerda a direita é igual à direita em qualquer outro país, retrógrada, não permissiva, preconceituosa, xenófoba, nacionalista, e que quer manter o poder na mão de uma elite intocável. Na esquerda nunca haverá intocáveis como é o pensamento direitista confesso. (ou pelo menos não deveria haver, mas esse é outro assunto, não estamos a falar de corrupção aqui) Não estão preocupados com direitos sociais de nenhum tipo, acreditam ainda na teoria do direito divino e na religiosidade exacerbada para manutenção de seu poder pessoal. ( ainda que não o tenham, o cobiçam)

      • Otávio Z. disse:

        Por** cara. Tu estás dizendo como se toda a direita fosse igual… tu t esqueces da direita liberal (termo clássico), dos libertários… olha o exemplo do Ron Paul nos EUA, do Líber no Brasil ( http://www.pliber.org.br/ ). A direita não é toda igual, existem conservadores e liberais na direita. Obviamente os conservadores são maioria…

        PS: Sei que em alguns países chamam-se liberais os de centro-esquerda, mas eu uso o “termo clássico” – que considero correto – de liberal como direita “não retrógrada. Ou seja, a real direita, porque, por DEFINIÇÃO, a direita é aquela que tenta fazer com que o Estado tenha menos importância na vida da população, tanto na vida econômica como na “vida moral”…
        Abraço a todos…

    • rafael disse:

      a pesquisa d fato não dá conta, embora convirja com minhas impressões.
      o q se deve discutir é a quem interessa, a quem beneficia, a posse privada dos bens d procução, do capital: latifúndios, usinas, empreiteiras…

  7. Conrado Scorciapino disse:

    Nem um pouco tendencioso esse estudo. Muito bom ver que não existe nenhuma carga ideológica corrompendo a veracidade do estudo. 10/10.

  8. Michelle disse:

    Então que acha tudo isso uma idiotice é um verdadeiro sábio.

  9. Leonardo disse:

    Realmente, Thomas Jefferson por exemplo, um cara extremamente burro. E os EUA se mantem a nação mais rica durante muitos anos por sua burrice. A esquerda de fato é inteligentíssima. Tudo o que foi feito baseado em Marx deu certo, vide a União Soviética que só chegou ao fim porque era muito inteligente e sabia a hora certa de parar. Nossa que belo estudo, agora com licença que vou fazer uma colonoscopia para homenageá-lo.

    • Roberto Gomes disse:

      Na sua opinião então o capitalismo deu certo? Europa e principalmente Greciai é prova viva disso, o capitalismo tambem deu errado.

      • Alfeu Rabelo Neto disse:

        Na Europa não existe o Capitalismo de verdade, mas sim a Social Democracia, que é uma mistura de Capitalismo com Socialismo, e por isso deu errado. De qualquer forma, os países que chegaram mais perto de ser uma economia de livre mercado são nada mais, nada menos que os mais ricos do mundo. Mesmo que não estejam bem das pernas, uma dia se recuperam, já os “gloriosos” países socialistas acabaram ou só conhecem miséria.

      • Luiz Morais disse:

        Roberto a Grécia, Espanha, Itália e Portugal estão mal das pernas justamente por conta de uma social democracia que, para agradar e receber mais votos, garantiu aposentadorias muito cedo, políticas trabalhistas com direitos muito além dos viáveis e fez com que o estado bancasse um custo impossível de ser custeado. Diferente daqui, na Europa, pagasse menos imposto e políticos não ganham o absurdo que ganham aqui, porém a arrecadação é muito menor do que a que temos aqui e uma população que produz até uma idade muito inferior não consegue manter a arrecadação. Diferente desses, na Alemanha se produz até mais tarde e por isso eles são os que estão em melhor condição econômica. Se a Grécia se preocupasse em trabalhar mais eficientemente ao invés de ter uma população de aposentados maior do que a de ativos, eles não teriam esse tipo de problema. Problema que, diga-se, é de país de terceiro mundo!

      • Otávio Z. disse:

        Eu adiciono ao comentário dos outros que por definição, no capitalismo não há (ou quase não há) ajudas sociais, controle estatal, justamente o oposto da Grécia…

        Não vou ser hipócrita e dizer que, quando feito de forma responsável – gastar apenas oq recolhe de impostos – a social democracia não pode dar certo, admito o exemplo dos países nórdicos e Alemanha…

        E para completar, devemos lembrar que quando o governo gasta mais do que pode, usa seu banco central para “fabricar dinheiro”, fazendo com que os preços subam e os salários e o poder de compra de muitas pessoas seja perdido. ISTO ACONTECE PRINCIPALMENTE COM OS POBRES, OS RICOS SÃO MENOS AFETADOS, E ISSO É O QUE PREGA ESTE ESTADO DE BEM ESTAR SOCIAL NO SUL EUROPEU… eles dizem que estão ajudando, mas tentam se esconder o que fazem de bobagem…

    • rafael disse:

      o sucesso econômico do portugal metropolitano se baseou na exploração das colônias e do trabalho escravo dos africanos.
      o sucesso americano também tem q ver em gd medida com a “balaça d comércio favorável”, com a exploração d nossa mão-d-obra barateada pela miséria.
      o capitalismo PRECISA expandir mercados, para protelar suas crises cíclicas, e por isso não pode tolerar a auto-gestão e a auto-suficiência buscadas por determinadas regiões.
      porque a atitude não foi como aquela q se tem diante d uma reserva indígena? querem viver assim? então tá. nós vamos viver assado.
      NÃO: a atitude foi d expansionismo imperialista, intervencionismo.
      mas veja: na mesma época, a CIA apoiou o golpe militar no brasil e a subsequente ditadura d direita, e atacou o vietnã para “garantir a democracia”.
      NÃO SE DEVE CONFUNDIR DEMOCRACIA COM LIBERALISMO.
      E NEM LIBERALISMO POLÍTICO COM LIBERALISMO ECONÔMICO.
      vão estudar: marx e engels, smith, ricardo, lênin, trótski, celso furtado, proudhon, bakunin, emma goldman, chomsky, foucault

    • rafael disse:

      leia o q diz a bela RAIZA, q dá um banho d conhecimento em todo mundo por aqui

  10. Primeiro, acho idiota realizar uma pesquisa que mede a inteligência de uma pessoa em relação a outra. E como esta é como afirmar “brasileiros de origem européia são mais inteligentes do que os brasileiros de origem em comunidades indígenas porque os primeiros são estatisticamente mais ‘bem sucedidos’ (em carreiras como as citadas na pesquisa) que os segundos” claramente não levando em conta fatores históricos, culturais e sócio-econômicos como a porcentagem maior da população nacional pertencente ao primeiro grupo e outros como a inclusão dos indígenas.
    Depois, a pesquisadora define Liberais como os que apoiam o pagamento de impostos para o governo investir em setores como infra-estrutura, saúde e educação, fugindo do conceito universal verdadeiro de Liberal que, simplificando, não apoiam isso e muitas vezes nem o governo, e liberais NÃO são conservadores.
    Os liberais defendem o livre mercado, então são considerados de direita. A direita nem sempre é conservadora a exemplo o anarco-capitalismo, soa bem conservador, né? O que torna mais ridículo ainda esse título do post do blog.
    Se você é mesmo de esquerda e defende a igualdade porque é que quer provar que é mais inteligente? Há formas melhores de convencer ao mundo que a proposta de esquerda é mais interessante para toda a sociedade do que sair declarando que aqueles que não pensam como você são menos inteligentes, sério.

  11. JAMAICA disse:

    Bom, é meio obvio que pessoas racistas e homofóbicas são mais burras, não tem nada de tendencioso, ou talvez tenha, mas olha, essas duas coisas (sem falar nas outras merdas vindas dos que se dizem de direita) são pra mim, um bom medidor de inteligencia sim, ou seja, burros vocês são mesmo, não vem com esse papo não, independente de ser tendencioso, todo racista, machista, homofóbico, misógino, sexista … é burro pra caralho.

  12. Consuelo disse:

    Que pena que algumas pessoas não entenderam a pesquisa. Ela não é partidária, mostra sim que o individuo questionador é mais inteligente, que pra mim é mais do que obvio.

  13. Sidney disse:

    “… que as crianças de menor inteligência tendem a desenvolver pensamentos racistas e homofóbicas na idade adulta.” Está aí uma frase que diz tudo sobre os esquerdistas. Se acham superiores porque protegem as minorias. Eu sou DE DIREITA e não sou racista nem homofóbico nem preconceituoso em geral. De onde tiraram que todo direitista só quer o mal dos outros, ou que esquerdistas só querem o bem? Acredito em Estado mínimo e eficiente, em livre iniciativa, em respeito ao cidadão, em liberdade de expressão, ir e vir, de escolha, respeito às minorias porém sem obrigar a maioria a seguir suas agendas, em DEMOCRACIA. Acho que temos de ter pessoas de esquerda e de direita para que nenhum dos dois modos de pensamento sejam os únicos, tornando-se unanimidade que é perigosa e burra. Acredito no equilíbrio de ideologias para que tenhamos de fato uma democracia plena. E, por isso tudo, sou tachado de reacionário, nazista, etc. quando de fato quem os são são as pessoas que radicalizam e se acham os salvadores do mundo, que por coincidência, são os esquerdistas. Quanto à questão de inteligência existem os inteligentes e os burros em qualquer setor de nossas vidas, desde a religião até a política…

  14. Leonardo disse:

    Validade externa é o conceito que determina se uma pesquisa científica pode ser extrapolada para outro contextos. A posição dos liberais norte americanos é bem diferente da posição dos esquerdistas brasileiros. Então sem essa de copiar um discurso esquerdista que você escutou de alguma pessoa do seu meio social se vangloriar da sua inteligência.

  15. evandro disse:

    poo amigão esqueceu o Amor…

  16. MAIRTON PEREIRA DE LIMA [Professor] disse:

    Não acredito que seja uma questão de inteligência, mas sim de opinião. Ser conservador ou de direita não nos torna mais ou menos inteligentes. Acredito que os indivíduos de esquerda sejam mais propensos a se envolverem em causas humanitárias e de caráter social, daí vem a necessidade de uma maior leitura sobre esses temas, até mesmo para terem mais argumentos em debates de cunho político e social (afinal tem que estar por dentro do assunto para não fazerem feio). Existem muitos cientistas, políticos, professores, engenheiros que são de direita e nem por isso, são menos ou mais inteligentes que pessoas de esquerda. Não vou citar nomes, até porque a lista é muito extensa. Acho que esse tipo de pesquisa não contribui em ada para melhorar a realidade social, política, econômica, em fim é irrelevante.

  17. JC disse:

    Acho que voce não entendeu,

    O estudo não fala em esquerda e direita

    Fala em liberais e conservadores.

    Alias existem muito mais liberais com poder , nos paises capitalistas , do que nos paises de extrema esquerda.

    • MAIRTON PEREIRA DE LIMA [Professor] disse:

      Os liberais defendem geralmente mudanças políticas e sociais, e quase sempre encontram uma barreira conservadora contrária a mudanças. Quando nos referimos a esquerda ou direita, nos atemos a questão relacionada ao partido de situação ou de oposição. Dependendo da ocasião é bem difícil dizer quem é conservador e quem é liberal hoje em dia, principalmente o caso do Brasil.

  18. Luiz disse:

    Pelo número de votos “negativos” nos comentários você entende porque o país elege a PeTralha a cada 4 anos. 🙂

    Tipo de pesquisa inútil, até parece que a posição política das pessoas muda o caráter das mesmas!

    • José Francisco disse:

      Infelizmente o PT está se deixando corromper pelos partidos de direita que oferecem seu apoio em troca de cargos. Se não fosse por isso, o país talvez já estivesse muito mais evoluído do que está. E mesmo assim melhorou muito. Talvez não pra quem acha que o governo não tem que gastar nada com os pobres… Felizmente estes são uma minoria insignificante. Pena que ocuparam a mídia com o poder econômico que detém…

    • rafael disse:

      a cada 4 há apenas 3 mandatos.
      ninguém falou em caráter, só em inteligência.

  19. leonardo disse:

    só lembrar que esquerda aqui é beeeeeeeeeem diferente que esquerda no reino unido. aqui é mais próxima do pensamento conservador quando vê tudo por uma ideologia fixa com inimigos eleitos há tempos.

    a esquerda no brasil não questiona nada, quer demolir o conservadorismo clássico para instalar o próprio. como na ditadura, lutaram contra ela para estabelecerem a própria ditadura.

    rigidez de pensamento é coisa de gente burra, é o que diz o texto. serve pra qualquer lado.

  20. inez Oludé disse:

    primeiro tem que se responder à pergunta o que é a inteligencia?
    em geral se confunde com o saber e o conhecimento: deixo voces responderem

  21. Danilo disse:

    É verdade… Lula que o diga, demorou 12 anos pra usar a inteligência esquerdista dele ‘-‘ eu discordo de parte da matéria/estudo. E ainda acho que o fato do racismo, preconceito e tal seja relativo. Conheço esquerdas que possuam tal pensamento.

  22. Carlos Cwb disse:

    Estudo inútil, como se pode ver.
    Inteligentes e idiotas arrogantes existem em qualquer corrente ideológica, como ficou demonstrado neste comentários…

  23. André Oliveira disse:

    Extrema direita? O termo se aplica tanto a partidários do nazismo quanto aos antigos e fiéis seguidores de Stalin ou da linha dura do regime cubano ou mesmo da ex ditadura Chilena de Pinochet. A extrema esquerda também se pode colocar da mesma forma. Conservadores e Liberais também. A questão base é se a pessoa tem capacidade ou não de dialogar respeitosamente com pessoas que pensam o contrário e se sabe respeitar direitos alheios.

    • André, talvez você não tenha captado o fato de que não se trata exatamente do que a ideia de esquerda ou direita significa na nossa sociedade em particular. Trata-se do viés conservador, alinhado à ordem, ao status quo (comumente chamado de direita) e dos tipos de ideologias mais voltados à mudança, menos arraigados a uma visão tradicional da sociedade.
      Quem se alinhou a Stalin e a Fidel Castro, dentro de um regime comunista, não é de esquerda só por se tratarem de regimes comunistas. No regime Stalinista, por exemplo, vários indivíduos poderiam ser considerados de “esquerda” justamente por não se alinharem à visão do Partido Comunista e almejarem uma outra ordem social em suas realidades.
      No entanto, na maioria das sociedades, quem adquire uma visão do tipo anarquista ou marxista está indo de encontro àquilo que é praticado e apregoado como as “regras” do jogo, como o capital, a propriedade privada, o juro, a democracia, etc. de acordo com a sua variante ideológica.
      Apenas cumpre sublinhar o caráter diferencial destas ideologias quanto à ordem estabelecida nestas sociedades.

    • rafael disse:

      a questão base é a quem proveita a propriedade privada de latifúndios, usinas e empreiteiras… ANDRÉ

  24. Caríssimos, vamos passar um corretor ortográfico e de sintaxe no texto, para dar mais credibilidade à informação apresentada? Acho que em alguns trechos a tradução está mal feita.

    De resto gostaria de parabenizá-los pelo artigo e pelo site!

  25. Pedro disse:

    Os esquerdistas são tão inteligentes que mataram milhões de pessoas na Rússia, Cuba, China e Coreia do Norte.

    Aliás, a que se deve mesmo o atraso desses países? A que se deve o grande buraco de fracasso que vive Cuba? Ah sim, aos esquerdistas.

    • Roberto Gomes disse:

      Os EUA, Israel, Inglaterra e tantos outros nunca mataram ninguém né?

    • Karla disse:

      Pedro: Creio que o que às vezes é chamado de “fracasso do socialismo” se deve ao fracasso de certos modelos, e não do socialismo em si. Desconheço um autor que vise igualdade social e defenda ou proponha abertamente a mortandade em massa para atingir esse fim. Quanto ao “buraco” de Cuba, talvez seja acertado lembrar que o bloqueio comercial que esta sofre não é só bloqueio do comércio com o país que o impõe, como fica parecendo para a maioria de nós. O bloqueio atinge as relações comerciais com outros países, já que há previsão de retaliações por parte dos criadores da proposta, o que inibe os demais países.

    • Vandre disse:

      em Cuba, meu querido, quem eh a favor do Governo eh de “direita”, pois o socialismo eh a situacao, o texto se refere a pessoas q questionam o Governo, independente do partido.

  26. Paulo Bim disse:

    Isso pode Arnaldo?

  27. David Santos disse:

    O respectivo blog diz que não publica comentários ofensivos, preconceituosos…

    Como então publica um estudo (por tando tem base cientifica) que determinadas pessoas são mais inteligentes que outras, nas entre linhas dizendo claramente que uns são melhores que outros.

    Seria este estudo uma retomada manifestação do pensamento de Hitler?

    hummmm…

    Pessoas de esquerda são mais inteligentes que as de direita, aponta estudo – Quem usou a ciência para afirmar que um povo era melhor do que outros foi Hitler.

    Outra coisa, o Hitler, Fidel, Che, Stalin, Marx entre tantos, são da Direita?

    Eu pensava que eles eram Esquerdistas de primeira linha.

    Tenham um bom dia.

  28. José Antonio Esteves kato disse:

    Se você colocar um marxista em um debate com um neoliberalista, um weberiano, um cínico pós-modernista foucaultiano ou um mero teórico fundamentado em Adam Smith, sem dúvida, o discípulo do velho barbudo alemão detona todos os outros, em uma tacada só. Meus melhores professores na faculdade eram esquerdistas convictos. Minhas melhores aulas foram com docentes marxistas. Gente de esquerda lê mais, se envolve mais intelectualmente, tem mais embasamento pra argumentar e possui mais visão crítica das coisas. Pode gerar polêmica, mas o que se percebe nos meios acadêmicos e culturais é isso mesmo. Há quem discorde, mas… fazer o quê?

    • Alguém disse:

      Na verdade, o mais inteligente em ambientes acadêmicos é aceitar as diferenças e discutir aceitando as mais variadas posições politico e econômicas. Veja esse site: http://www.escolasempartido.org/. Isso sim é liberalismo.

    • Raul Miros disse:

      jose antonio você com esse depoimento apenas revelou a todos como se transformou em uma marionete controlada e manipulada por eles, sim porque hoje em dia é justamente nas escolas que esta começando a lavagem cerebral com ideologias comunistas e de esquerda por todos os lados ao invés de um ensino saudavel e transparente.

      • rafael disse:

        FUI DO COLÉGIO MILITAR E TINHA EDUCAÇÃO MORAL E CÍVICA.
        a matéria vangloriava as façanhas da ditadura.
        hoje, a mídia se encarrega da lavagem cerebral d direita, e é eficientíssima, raul.
        globo bbbiza, novelifica.
        veja panfleteia.
        a escola faz ler textos CRÍTICOS.
        TODO texto tem/terá posição, porque todo autor tem, todo professor tem, toda pessoa tem, mesmo q não saiba qual seja.
        transparência no ensino é dizer-se q o texto é do adam smith, q o texto é do thomas jefferson, q o texto é do fidel, do trotski, do chomsky, do foucault – isso é transparência.
        do jorge amado, do darcy ribeiro, do castro alves, do rui barbosa, do monteiro lobato, do nelson rodrigues, do roberto faria, do gustavo dahl, do ferreira gullar, do gramsci, do althusser, do bakunin, do john zerzan, do subcomandante marcos.
        do rafa ou do raul miros.

  29. Josimar disse:

    Isso aí, a maior inteligência é lutar pela igualdade social, salve o sábio povo que deseja viver num mundo melhor!!!!!!!

  30. Bruce Guimarães disse:

    Qual a definição de inteligência???

  31. julho disse:

    Essa pesquisa tem a ver com esquerda e direta nos Estados Unidos(conservadores e liberais) nada tem a ver com socialismo ou o esquerdismo brasileiro!

    Quem faz essa analogia, pode considerar-se burro!

  32. Rian Goloni disse:

    Totalmente tirada do contexto esta reportagem!!!

    A reportagem faz menção ao liberalismo americano/canadense que diz respeito a ser a favor de maiores impostos para injeção de dinheiro público em políticas sociais. Mas agora me diz qual a ligação entre este tipo de liberalismo com o que se vê nos ideais de esquerda dos brasileiros?

    Os brasileiros de esquerda veem a União Soviética e a Cuba como exemplos a serem seguidos? É engraçado quando nós consideramos que tanto a U.S. quanto Cuba foram opressores dos homossexuais e de diversas outras minorias.

    Sem contar que é possível encontrar inúmeros grupos de centro-direita na Europa que garantem mais direito às minorias do que qualquer país “de esquerda”.

    E estou dizendo isso e me considero de centro-direita. As pessoas precisam tirar essa idéia de que político é tudo uma coisa ou outra. Por algum acaso a esquerda na China é igual a esquerda nos EUA? Não, então silence.

    • Fábio Otero Gonçalves disse:

      Ótima a sua colocação. Prendem-se tanto a rotulações e polarizações simplistas (próprias de uma Guerra Fria encerrada há mais de duas décadas), que a discussão se arrisca a perder o sentido…

    • rafael disse:

      A GUINADA PARCIAL “EM DIREÇÃO À ESQUERDA” D LULA E DILMA CONSISTE EM BOA MEDIDA EM “maiores impostos para injeção de dinheiro público em políticas sociais”, OU AINDA, NO REDIRECIONAMENTO DESSA INJEÇÃO MAIS PARA O SOCIAL.
      NEM TODOS Os brasileiros de esquerda veem a União Soviética e a Cuba como exemplos a serem seguidos, E NEM EM TUDO.
      FIDEL ACABA D SE DESCULPAR PELO ERRO EM RELAÇÃO AOS HOMOSSEXUAIS.
      PAÍSES MAIS DESENVOLVIDOS DA EUROPA SÃO MAIS PRA CENTRO-ESQUERDA, SOCIAL-DEMOCRACIA, ETC.

  33. marcia disse:

    Não sou burra, também não sou uma Gênia!!! Mas minha constatação é a seguinte!!! Existe pertinência no estudo, uma vez que, Os “Direitas só sabem seguir regras, já impostas.. Os Esquerdas, quebram, criam e seguem… E isso pra se fazer tem que haver, bastante argumentos, imposições, debates, mercecidamente o título para os esquerdistas, até pq na nossa história de construção do mundo existe bastante exemplos.. Marcia Muniz Matos.

  34. marcosnauta disse:

    É um artigo muito interessante mesmo. Mas acho que existe um erro de tradução na útlima frase: “No entanto, é claro que nem todas as pessoas prejudicadas são conservadoras”. “Prejudicadas” deve ter sido a tradução errônea de “prejudice”, que quer dizer “preconceito”. A frase não faria mais sentido ser fosse: “No entanto, é claro que nem todas as pessoas preconceituosas são conservadoras”?

  35. Carolina disse:

    Olá! O link leva a outro blog, do psicólogo Satoshi Kanazawa. Não consegui localizar o estudo original, e de fato achei que a tradução feita em sua matéria distorceu o que relamente foi avaliado e concluído. Pode, pór gentileza, fornecer a referência do estudo original? Obrigada.

  36. Lucas Almeida disse:

    Primeiro antes de falarem baboseiras deviam ler o post que se trata de um estudo com informações coletadas por mais de 50 anos, enfim quem discorda faz uma nova pesquisa.

  37. Lucas Almeida disse:

    Independente de partido a maioria da esquerda defendem a interversão do estado na economia são estadistasm, ja os direita já defende teorias econômicas de A.smith.

  38. Hans Sachs disse:

    Realmente a esquerda é muito inteligente, veja, a direita nunca conseguiu criar um sistema político tão eficientemente opressivo e genocida como o criado na União Soviética, China e Camboja, sistema que matou mais de 100 milhões de pessoas em pouco mais de 74 anos; a esquerda conseguiu ir contra a evolução sócio-econômica do mundo, criando um regime que conseguiu transformar paises eficientes em modelos de notória ineficiencia como a Alemanha Oriental, a esquerda é tão inteligente que conseguiu que uma monstruosidade como o comunismo durasse na URSS 74 anos, realmente tem de ser inteligente para manter tanto tempo isso.

    • rafael disse:

      não deixem d ler abaixo como a raiza, minha futura senhora, CORRIGE os clichês de hans sachs.

    • rafael disse:

      “a direita nunca conseguiu criar um sistema político tão eficientemente opressivo e genocida”… SÓ HITLER, MUSSOLINI, FRANCO E SALAZAR
      A ALEMANHA OCIDENTAL FOI REERGUIDA COM INJEÇÃO D CAPITAL AMERICANO.
      PORQUE NÃO FIZERAM ALGO ASSIM POR AQUI?
      lá foi pra conter o comunismo, aqui, pra manter a miséria q deixa a mão-d-obra a preço d banana.

    • Vandre disse:

      querido União Soviética, China e Camboja,sao de extrema direita, nao confunda socialismo com “esquerda”

  39. Hans Sachs disse:

    Realmente a direita é mais burra, os paises mais ricos, mais desenvolvidos, mais avançados científica e tecnológica, são paises capitalistas, ditos da direita; o capitalismo conquista o mundo, enquanto o comunismo desabou internamente; nas crises do socialismo como na década de 30 na URSS e 60 na China, dezenas de milhões morreram de fome; hoje dezenas de milhões morrem de fome no EUA? ou na Europa decadente? mais realmente a direita é burra, pois não tem um monte de intelectuais parasitas que a defende no Brasil, Marx precisou de escrever milhares de páginas para convencer radicais que impuseram suas mudanças a força no mundo, o comunismo somente triunfou com revoluções populares na URSS, na China e Iugoslávia e na URSS ainda somente uma minoria russa quis, o resto da população foi obrigada na pernanecer a força como os ucranianos que foram mortos aos milhões; já o ideologo máximo do capitalismo, Adam Smith venceu tanto, que hoje suas ideias são lugar comum, essência de nosso pensamento ocidental, não precisa de um monte de professor universitário tentando enfiar goela abaixo dos alunos, algo bem comum em universidade federais públicas.

    • Alguém disse:

      Apesar de já estar claro que a pesquisa é relacionada à esquerda e à direita estadunidenses, preciso comentar que o que Hans Sachs escreveu está correto e assino embaixo. É óbvio que o “capitalismo” (o termo correto é liberalismo e faço questão de usá-lo, já que o termo mais popular foi dado por Marx e não pensadores liberais) apresenta suas falhas e consequências ruins, mas o socialismo fracassou de forma muito pior. Mas o mercado traz progressos, analisem Moscou “antes x depois”.

    • Raiza disse:

      Os países melhor estruturados na atualidade tiveram sua economia organizada baseados no ideal da SOCIAL-DEMOCRACIA(ideologia de esquerda),sendo que os países melhor Classificados no ranking do IDH hoje em dia(países nórdicos) tiveram sua organização social,como salários,propriedade privada,padrão das cidades baseadas no ANARQUISMO(ideologia de esquerda).Até o declínio da economia keynesiana, a social democracia era o que imperava e foi o que contribuiu para o sucesso daqueles mesmos países ARRASADOS economicamente após a guerra.Acerca da fome nos EUA, 18 MILHÕES vivem na pobreza extrema,ou seja, o país mais rico do mundo e um dos mais conservadores também não conseguiu resolver o problema da fome,..ou olhando o coeficiente de Gini,que no caso dos EUA,não é dos mais baixos…
      Também não é errado citar o que ocorreu às economias após a liberalização das mesmas,sobretudo às latino americanas…Um país de direita que posso dizer que “venceu” foi a Coréia do Sul, lá ditadura é tensa mas o crescimento da renda é assombroso,porém, a organização das sociedades orientais é diferente..
      Assunto deveras profundo…

    • rafael disse:

      ESSENCIAL: não deixem D JEITO NENHUM d ler abaixo como a RAIZA, minha futura senhora, CORRIGE os clichês de hans sachs e mais alguém.

  40. Fernando Oliveira disse:

    Claro que isso foi no Reino Unido… Se fosse no Brasil, o maor problema seria o eleitor de Lula conseguir diferenciar a própria mão esquerda, da direita.. o que já inviabilizaria a pesquisa.

  41. Marcelo Rizzo disse:

    Este link aqui provou que a pesquisa é totalmente cheia de viés e demonstra o padrão como pesquisas fraudulentas assim podem ser feitas.

    http://lucianoayan.com/2012/02/13/obvio-publicacao-de-pesquisa-prova-que-esquerdistas-sao-mais-desonestos-cientificamente-que-conservadores/

    O negócio é ter atenção e investigar as fraudes.

  42. Yvyna Rebouças disse:

    Acho engraçado gente associando automaticamente a palavra “esquerda” a URSS, Cuba, Coreia do Norte, ou nomes como Stalin, Che, Fidel, etc. É preciso discernir que no campo da esquerda não existem só comunistas ou só os, digamos, radicais.

    O que é ser de esquerda ou ser de direita? Ser a favor de estado grande te faz de esquerda? Não mesmo… o liberalismo surgiu como uma bandeira defendida pela esquerda e anarquistas. Com o tempo é fato que a direita se apossou do termo, mas há também liberalismo de esquerda.

    O que diferencia a esquerda da direita é uma coisa só: desigualdade social. A esquerda vê a desigualdade social como um problema, como algo maléfico, enquanto a direita julga a desigualdade social como algo necessário ou simplesmente é indiferente a ela. A questão de manter o status quo e a “despreocupação com o bem-estar dos outros” é o que caracteriza o pensamento “conservador” tipicamente de direita no caso desse estudo.

  43. Gabriel D. disse:

    Basta ler meia dúvia dos comentários daqui para ver que a pesquisa está mais que confirmada. =D

  44. se disse:

    não tenho certeza, mas acho que tem pouca coisa comprovada sobre o que é maior capacidade cognitiva e essas coisas. Não sobre o que ela significa, mas sobre o futuro dela, e sua origem. Muito estudos dão a entender, reproduzindo o discurso conservador, que a inteligencia é algo inerente ao individuo assim que ele nasce. Esse tipo de teoria, levada a cabo, sem ponderar o desenvolvimento humano e as condições as quais cada ser é submetido, é uma total boçalidade, sendo de esquerda ou de direita. A cognição é adquirida no processo de formação humana. Exatamente por isso que a consciência humana, assim como suas opiniões politicas, não é estática. Ela é dialética, sofre influencias das nuances cotidianas, das atitudes perante a vida, das experiencias, dos traumas, dos desejos, da sexualidade. Dá pra fazer sim um estudo sobre a formação de opiniões nos espaços semelhantes de vivência, nas mesmas condições economicas, na mesma CLASSE SOCIAL. Seja nos conflitos pessoais, sociais e emocionais, tanto quanto nas catarses e paradigmas de prazer, estímulos que tal pessoa recebe.

    Não é uma questão de capacidade cognitiva, por isso esse estudo ajuda muito pouco nos objetivos da classe trabalhadora. Não estuda os processos, as nuances e condições onde se formam tais “capacidades cognitivas”. Falta uma denuncia e uma constatação programática: por que muitos trabalhadores defendem interesses que não são de sua classe? Por que a saída individualista é mais escolhida? Por que a submissão é mais assumida do que a contestação? É nessas condições em que está a maior parte da população. Isso é um problema de “capacidade cognitiva” ou um problema de CULTURA, de MODELOS DE PRODUÇÃO SOCIAL, de PESTE EMOCIONAL, de COMPLEXOS DE INFERIORIDADE, de PSICOLOGIA DE MASSAS, da COMPETITIVIDADE DESESPERADA e da DIVISÃO SOCIAL ENTRE CLASSES? A classe trabalhadora (para não dizer o GÊNERO HUMANO em geral) está apunhalada, massacrada e travada em seu potencial. É da superação disso que precisamos.

    É MUITO SUSPEITA uma experiencia que utiliza um método altamente reacionário e atrasado, segundo uma lógica de Q.I.(quantidade de inteligencia), criticada por muitos pedagogos, pra tentar defender que pessoas de esquerda são que tem mais “QI”.

  45. se disse:

    Não é a primeira e nem será a última vez em que a esquerda cai nas armadilhas da direita, só pra tentar se promover…quem se fode e ri com isso tudo é essa gente sofrida aí, que faz o que sabe fazer de melhor: cuidar da própria vida. Ou seja, a própria classe trabalhadora está excluída dessa avaliação totalmente submetida ao conceito de MERITOCRACIA.

  46. rafael disse:

    a yvyna disse tudo: a diferença fundamental é o egoísmo, o egocentrismo, a falta d coração, a desumanidade do direitista.
    nos meus convívios pessoais percebo claramente a turronice e a tosquice mental q geralmente se fazem acompanhar das opiniões d direita.
    NÃO À TOA É TÃO MAIS FREQUENTE ENCONTRARMOS RACISTAS, MACHISTAS, HOMÓFOBOS, PRECONCEITUOSOS DE VÁRIAS ESPÉCIES, NÃO RESPEITADORES DAS LIBERDADES INDIVIDUAIS, ENTRE PESSOAS DE DIREITA.

  47. rafael disse:

    tem razão entretanto quem diz q os conceitos d liberal e conservador n se sobrepõem perfeitamente aos d direita e esquerda em qq ordem
    q é uma pesq cujos resultados n se aplicam facilmente ao brasil
    e q o texto está mal traduzido (automático?)
    MAS Q A GENTE D ESQUERDA D CURITIBA É EM MÉDIA MAIS INTELIGENTE, E MENOS RACISTA, MACHISTA, HOMÓFOBA E PRECONCEITUOSA… isso ninguém precisa d pesquisa pra ver.

  48. rafael disse:

    (evolutivamente romance) na última linha, n faz o menor sentido
    deve ser evolutively novel = evolutivamente novo – inovador
    e prejudiced é preconceituoso, como alguém comenta acima
    MAS O RESULTADO DA PESQUISA CONVERGE COM A OBSERVAÇÃO DOS ESQUERDISTAS MAIS INTELIGENTES
    d fato, conheço mt mais racistas e homófobos d direita q d esquerda
    militares e policiais são frequentemente cheios d preconceitos, e frequentemente d direita
    grupos racistas ou homófobos – carecas do brasil, skinheads – são normalmente d direita
    OS ABOBADOS Q FICAM EM CIMA DA QUESTÃO D Q O NAZISMO SURGIU NO PARTIDO NACIONAL SOCIALISTA ESQUECEM Q AS PALAVRAS N ESTÃO ASSIM TÃO COLADAS ÀS COISAS: se fosse simples assim (é preciso pensar em como dizer as coisas pros direitistas conseguirem entender) a URSS não teria sido uma inimiga da alemanha nazista – os soviéticos não seriam chamados d “untermensch” sub-homens pelos nazi.
    O SUBCOMANDANTE MARCOS CONDUZ UMA SOCIEDADE SOCIALISTA DEMOCRÁTICA
    vota-se, elege-se, prioriza-se, plebiscitos, referendos
    SÓ NÃO HÁ A PROPRIEDADE PRIVADA DOS BENS D PRODUÇÃO, OU SEJA, DOS LATIFÚNDIOS, DAS USINAS, FÁBRICAS, EMPREITEIRAS, ETC., Q SÓ BENEFICIA OS PROPRIETÁRIOS E AQUELES D QUEM ELES MOLHAM A MÃO PRA Q LHES GARANTAM O PODER: POLÍTICOS, LEGISLADORES, MILÍCIAS, POLÍCIAS: PAUS-MANDADOS, TESTAS DE FERRO, BODES EXPIATÓRIOS EVENTUAIS
    capitalismo é o sistema em q o espaço é todo d propriedade d alguém = d uns poucos
    MAS E O ESPAÇO PÚBLICO???
    q espaço “público”? espaço abstratamente público… público contanto q isso signifique “d ninguém”…
    ALGUÉM PLANTA ÁRVORES FRUTÍFERAS EM PRAÇAS PÚBLICAS???
    pode-se numa boa dormir ali a noite toda sem q talvez um policial o surre a mando do dono da loja na esquina?
    Q ESPAÇO PÚBLICO?
    no entanto, expropriados sem propriedade alguma (a redundância é enfática) contunuarão nascendo pelos séculos dos séculos, e seu trabalho majoritariamente manual em fábricas e latifúndios continuará a ser explorado e mal pago.
    QUASE TODO DIREITISTA Q CRITICA O MARXISMO NUNCA LEU UMA LINHA, E SE LEU, FOI AQUELA Q O INSTRUTOR MARXISTA DA ACADEMIA MILITAR INDICOU E INTERPRETOU POR ELE.
    crie vergonha na cara, direitosinho burro, e vá ler pra melhor criticar.
    D IDEOLOGIA CAPITALISTA BASTA LIGAR QQ VEÍCULO D COMUNICAÇÃO E SOMOS BOMBARDEADOS
    os direitosos não costumam saber sequer os nomes dos teóricos básicos do liberalismo econômico: adam smith, david ricardo, john stuart mill
    VÃO LER TAMBÉM!
    vão ler algo q não seja o best-seller boçal indicado por Veja ou auto-ajuda.
    VÃO LER OUTRA COISA Q NÃO OG MANDINO e o código da vinci
    talvez desenvolvam inteligência e consigam se manter d direita, pra mudar o conceito

  49. bruno disse:

    O desenvolvimento intelectual é maior na situação de adversidade e o pensamento é resultado da crítica. O pessoal de direita nesse mundo capitalista está acomodado em assistir BBB, candy camera e afins…

  50. Marcelo Szk disse:

    O que é óbvio é que as pessoas mais inteligentes costumam ser mais tolerantes e receptivas a coisas novas, não possuem o medo e o egoísmo das pessoas conservadoras.

    Pessoas menos inteligentes costumam ser mais egoístas e têm medo de qualquer coisa nova, isso é óbvio.
    Mas isso não significa que tenham que ser exatamente “de esquerda” no sentido de socialista e sim de ser progressista. Dizer que um esquerdista radical é inteligente é a mesma coisa que dizer que um típico defensor da ditadura brasileira também o é.

    O próprio fato da pessoa ainda insistir com idéias “revolucionárias” pré-queda do muro ou defender a ditadura militar já mostra que o sujeito no mínimo tem dificuldades em acompanhar a evolução através dos tempos.

    • Cesar RS disse:

      Até que enfim encontrei um post coerente com a inteligência citada no texto.
      Ser de esquerda é ser contrário à hierarquização social. É ser consciente de que uma sociedade é composta por “sócios”, que dependem uns dos outros. Sim, dependemos uns dos outros pra viver bem. Senão, todos teríamos que ser ao mesmo tempo médicos, pedreiros, faxineiros, motoristas, pilotos de avião, cozinheiros, biólogos, químicos, economistas etc.
      Mas, acima de tudo, é ter a capacidade de criticar e buscar as transformações necessárias para o bem-estar comum. Grifo para o COMUM.

  51. JC disse:

    De facto li isto e só tenho uma coisa a acrescentar. Não há dúvida que os dois melhores exemplos de inteligência são o Hugo Chavez e o Fidel Castro, talvez por isso os cidadãos procurem todos os meios e mais alguns para sair daqueles decrépitos países…

    • Raul Miros disse:

      Hahaha gostei da sua ironia e é verdade esse povo vive fugindo da miséria depois de eleger os ditadores comunistas e socialistas que afundam sua própia nação com sua ideologia e depois acabam idolatrando os mesmos…quando é que eles vão compreender que todas essas ideologias de esquerda me refiro a todas elas são um grande cancêr para o mundo.

    • Yvyna Rebouças disse:

      Impressionante como os direitistas fazem questão de provar que são mesmo burros. Nem lêem o texto e já vão usando seus velhos chavões e clichês. É sempre o mesmo discurso, só muda o estilo, mas é sempre a mesma coisa. Não sabem o que é ser de esquerda, acham que toda pessoa de esquerda é comunista. Acho que pensam assim devido ao fato de pensarem de forma extremista, e acabam projetando isso nos outros. Milhões de mexicanos fogem de seu país para morrer nas fronteiras dos EUA (viva a liberdade), e, que eu saiba, o México não é comunista. Assim como brasileiros, europeus, asiáticos, enfim, naturalmente há emigração para os EUA em qualquer país do mundo. Mas esperar que um direitista perceba isso é como pedir para um burro não ser burro (esperar pelo impossível…)

  52. Fábio Otero Gonçalves disse:

    Ainda bem que eu sou burro e ignorante de 4 patas. Vai que me confundem com algum “esquerdista inteligente”. Eu, hein??? Seria uma desonra, rsrsrs…Salva Deus, essa gente não se emenda, mesmo.

    • rafael disse:

      “ainda bem”, não… é sempre umab pena q alguém seja burro.
      a não ser q se deseje explorá-lo.
      os capitalistas gostam d burros, d gente emburrecida pela mídia.

  53. Antonio Luiz disse:

    Não criemos pânico. Isso aí só funciona no Canadá, onde a direita realmente é mais burra que a esquerda. Aqui no Brasil é diferente.
    Fiquemos tranquilos. E, ai de quem se aventurar fazer algo semelhante por aqui. Independentemente do resultado eu já discordo. Ou melhor, até lá terei tempo para me alinhar para o centro.

  54. […] resultado de um estudo feito por uma universidade canadense é, no mínimo, polêmico. Segundo a pesquisa feita por acadêmicos da Universidade Brock, pessoas de esquerda são mais inteligentes que as de […]

  55. k0l3 disse:

    Ok, inteligência então são ideias que levam a genocídios de dezenas de milhões de pessoas.
    Vamos nessa então companheiros!!

    • Rogério Oliveira disse:

      Mais um comentário que ilustra a falta de inteligência dos direitistas…

    • Yvyna Rebouças disse:

      Até porque o capitalismo é muito justo e nunca matou ninguém, né…

      Para ser um direitista é necessário, além de não ter conhecimento histórico e nem senso crítico, ter preguiça para questionar as mentiras que lhe são empurradas…

  56. Edson Gomes disse:

    DEVE SER POR ESTE MOTIVO QUE CUBA E COREIA DO NORTE TEM O PRIMEIRO E SEGUNDO IDH NO MUNDO.

  57. rafael disse:

    pq será q historiadores, filósofos, escritores, gente q estuda humanidades, é mais frequentemente d esquerda?

  58. rafael disse:

    pq será q militares e policiais, skinheads e carecas do brasil, são mais frequentemente d direita?

  59. rafael disse:

    chico buarque, vinícius de moraes, gianfrancesco guarnieri… porque de esquerda?
    collor, médici, costa e silva, sarney, porque de direita?

    • Gabriel Bertochi disse:

      Médici salvou o país de uma ditadura comunista… agora Sarney de direita? alguém que defende desarmamento civil não pode ser chamado de direitista JAMAIS

      • José Francisco disse:

        Médici salvou o país de uma ditadura comunista… BAH, MAS QUEM TE DISSE ESTA BARBARIDADE? William Bonner?

      • rafael disse:

        vc é um direitista a favor do armamento civil?
        jango não havia feito nada d ilegal.
        médici mandou seus cães matarem a rodo.
        os melecas fizeram uma ditamole de 21 anos pra “proteger” a democracia contra o povo (não sei se vc – é direitista, não? – tem a capacidade d perceber a contradição).
        leia historiadores, mesmo internacionais, sobre o período.
        é engraçado… na mesma época os americanos foram “salvar” o vietnã da ditadura.

  60. rafael disse:

    diferenças brasil canadá têm q ver c o fato d 1 ser centro capitalista e outro periferia.
    digo em relação aos mais afeitos a mudanças ocuparem postos mais altos.
    talvez com lula isso até tenha começado a acontecer mais.
    mas d cabral a fhc, d fato, quem ocupava altos cargos era o joguete, o títere q conviesse.

  61. rafael disse:

    um ricaço d direita é inteligente talvez: defende o próprio interesse.
    um pobre ou médio??? é um pelego, um dominado.
    pq será q quem assiste mt à globo e lê mt veja é normalmente d direita?
    pq será q mta gente d esquerda frequenta cinemas da secretaria d cultura, assiste à tv cultura, à tv educativa, escuta rádio educativa, rádio cultura?
    as associações são notórias: associações entre a inteligência e a esquerda.
    deveriam fazer pesquisas diretas: vc é homófobo? é racista? é d direita ou esquerda?
    APOSTO Q SEI QUAL SERIA O RESULTADO D 1 TAL PESQUISA
    aposto q quase todo mundo sabe.
    evidentemente há mt direitista inteligente, não-racista, não-homófobo.
    mas pesquisas são generalizações d tendências, e aí encontram seu valor e seus limites.

  62. Walner Mamede Jr disse:

    Caramba, o artigo deu o que falar, pena que os debates perderam o foco e se restringiram a posturas defensivas da própria posição política de quem os escreveu (ao menos isso se deu na maioria absoluta dos casos). Precisamos encarar o assunto debatido não pela perspectiva da esquerda ou direita, PT ou PSDB e sim opondo, de um lado, pessoas conservadoras e, de outro, pessoas renovadoras. Explico: via de regra, conservadores tendem a adotar, dentre as inúmeras alternativas de conduta existentes na realidade, aquelas que estão mais à mão, são mais comuns, mais corriqueiras, mais visíveis, menos conflitantes com tudo o que já vem sendo historicamente realizado e por isso demandam menor esforço cognitivo e criatividade em sua apreensão, uma vez que são mais disponíveis e reprodutíveis, sofrendo menor oposição cultural e social, por já estarem consagradas pelo uso, simplesmente esperando serem “pegas”. Os renovadores, ao contrário, têm que lidar com a rejeição ao novo que apresentam, necessitando re/construir argumentos e estratégias para que sejam aceitos em suas idéias, mas antes mesmo disso, se esmeram em buscar o que está oculto, o que não é comum, as alternativas menos óbvias e mais criativas, aquilo que está nas entrelinhas, simplesmente porque entendem que a tradição, apesar de conferir unidade e links de convergência social, sem os quais a sociedade se esfacelaria e o projeto civilizatório iria para o espaço, entendem, também, que conservar uma tradição apenas por conservar sem se abrir para idéias novas tão ou mais eficientes que as tradicionais é um erro e que muitas das respostas que podemos ter e que impulsionou o desenvolvimento social, científico, tecnológico e humano não se encontram no rol de respostas conservadoras/tradicionais. Agora, qualquer um que se apegue ao conservadorismo extremo é tão idiota quanto ao que se apega ao renovadorismo extremista, com total desrespeito ao que é tradicional e conservador. O ideal é o meio termo contextualizado (não o meio termo médio), estando sempre vigilante à melhor alternativa e às inúmeras possibilidades pouco óbvias que a realidade pode nos oferecer. Esse sim é o inteligente, independentemente do que se possa aduzir das discussões psicométricas sobre inteligência ou sobre partidarismo político, e acho que é disso que o texto trata: são mais inteligentes os menos conservadores que não se esforçam pela novidade/inovação, exatamente porque não possuem habilidades cognitivo-emocionais para isso, assim como o niilista radical não as possui, por achar mais fácil negar tudo o que é tradicional e conservador sem o devido processo crítico/racional. Era o que Thomas Kuhn dizia acerca da ciência normal e da fase de crise do paradigma. O cientista normal produz ciência como quem monta um quebra-cabeça, dando respostas úteis, mas sem se preocupar com a inovação e questionamento do paradigma dominante, o que poderia gerar novas respostas não possíveis dentro do que a tradição e o conservadorismo científico permitem. Para finalizar, podemos ter conservadores e renovadores em qualquer partido/ideologia política, qualquer área do conhecimento (Pascal e Newton eram conservadores em diversos aspectos; Hitler, Fidel, São Francisco de Assis foram críticos e inovadores em determinado momento de sua vida, a ponto de subverterem o regime de um país ou de conduta pessoal em nome de suas crenças). O ponto chave é: vc é capaz de se abrir para o novo e inovar qdo necessário, ou de manter uma conduta conservadora qdo esta se mostra mais profícua, à luz da razão? Ou vc se mantém na tradição, conservando-a apesar das evidências em contrário dizendo para abandoná-las, simplesmente por dificuldade em pensar autonomamente e assumir o fracasso da idéia conservada em nome do poder (poder de ter a resposta já pronta e socialmente validada)?

    • rafael disse:

      isto é o q eu chamo, o q acho q deveria se chamar, d análise.

    • rafael disse:

      preguiça.
      todo mundo às vezes tem, não?
      a questão da inovação se presta a ambos os partis-pris, os lados.
      se se quiser, o capitalista q inventa, por exemplo, a moda d um novo chaveirinho em forma d, sei lá… não tenho criatividade pra esse tipo d coisa, e q dá mt dinheiro, pq cai na moda, poderia ser dito inovador por alguém.
      a questão d esquerda/direita talvez seja mais d coração, humanidade, q d inteligência, no fim das contas.
      em um mundo em q zilhões nascem na miséria, políticos d direita costumam falar em cifras d investimentos e negócios, políticos d esquerda, em pessoas beneficiadas/maleficiadas por modos d administração pública.
      ainda q políticos às vezes digam o q quer q os eleja, os votantes, nós, nos encantamos por um ou outro dos discursos – vejo bem mais gente preconceituosa votando à direita, e mais gente d bom coração votando à esquerda.
      concordo com vc qt a q as escolhas entre a conservação e a inovação devem ser pontuais – ponto a ponto – há coisas, sistemas, valores, a serem conservados, e outros a serem inovados.

  63. rafael disse:

    sempre achei o chavão “se precisa perguntar o q é jazz, esqueça” pedante, mas acho q se aplica.
    as pessoas mais embrutecidas q conheço são normalmente d direita.
    as mais sutis, pouco mais, pouco menos d esquerda.

  64. genaro antonio drowyer disse:

    O estudo é burro, logo ele é feito por alguém de direita.
    Assim, se ele é de direita, é burro, e o estudo é enviesado e errado, claro.
    Mas, sendo errado, o estudo não prova nada exatamente, certo?
    Então, como podemos ter certeza de que o estudo é feito por alguém de direita, pois por meta-análise, alguém de direita pode não ser burro, e portanto, nunca faria esse estudo.
    Assim, o estudo só pode ter sido feito por alguém de esquerda, que esse sim, seria burro, mas não idiota, a ponto de fazer um estudo que o achacasse.
    Ou então, burros são todos que perderam algum tempo lendo, comentando, postando algo.
    IHHHH!!! Sou burro!!!
    E isso quer dizer que… eu sou de direita ou de esquerda?

  65. Eu já sabia dessa informação e não é de agora. É louvável.
    Parabéns ao autor do “blog”.

    • rafael disse:

      kirk, vc precisa falar com o seu filho michael…
      ele anda muito assanhadinho.
      frequenta sexahólicos famosos, atração fatal, instinto selvagem.
      assinou com a catherine zeta-jones q, se faturar outra, paga zilhões.
      volte logo da montanha dos sete abutres, kirk.

  66. Cristiana disse:

    Prefiro o entendimento que a formação cultural, emocional e social de como somos educados é que determina os nossos pensamentos e idéias. As pesquisas acontecem sempre ao tempo em que a realidade está sendo vivida e, como expectadores, apenas observamos e constatamos. As variáveis a que estamos sujeitos e que são determinantes no comportamento é que devem evoluir e mudar a realidade. Dar nome, rotular é sempre um limite ao entendimento, “direita”, “esquerda” ou qualquer outro rótulo. Melhor seria analisar a história, compreender a relação de poder, ordem e submissão ao qual os grupos sociais se organizam, fortemente calcado nos interesses pessoais e nas fraquezas do ser humano.

  67. JD disse:

    As pessoas de direita são normalmente pessoas que não pensam nos outros, são egoístas e por alguma razão querem defender-se duma sociedade mais unida, igualitária e equilibrada…

    Talvés seja algum trauma da direita, e isso impede-os de conhecer a realidade, que existem pessoas que dão o sangue para se manterem vivas e que não são remuneradas em condições…

    Acredito neste estudo porque as pessoas mais humanas, são sem dúvida mais conscientes…

  68. Gilberto Costa disse:

    Pesquisa totalmente tendenciosa e ideológica. Se é que essa pesquisa realmente existe…
    Acreditar em movimentos esquerdistas, como o socialismo, é como acreditar em conto de fadas. Socialismo é utópico!

    • Bruno disse:

      Não se trata de uma avaliação do socialismo e sim da capacidade das pessoas de ambas as posições, e as pessoas que defendem o socialismo são mais inteligentes, segundo a pesquisa. Se o socialismo é utópico, então as pessoas inteligentes defendem coisas utópicas. Mas uma coisa é certa, a miséria existe no mundo em razão do capitalismo, do pensamente direitista.

  69. […] Rizzo, sem sucesso. Daí fui no google fazer uma pesquisa e um dos resultados foi este aqui: https://rodopiou.wordpress.com/2012/02/12/pessoas-de-esquerda-sao-mais-inteligentes-que-as-de-direita… Olha o link no nick do “Marcelo Rizzo”. Dessa vez ele não vai ter como corrigir e me […]

  70. The Studio disse:

    Ponto 1 – Este “estudo” não faz qualquer sentido até porque os conceitos de “esquerda” e “direita” são extremamente vagos, existindo diversas concepções sobre o que é “esquerda” e “direita” muitas delas mesmo antagónicas. Como tal estes conceitos são impossíveis de usar em qualquer espécie de estudo minimamente científico.

    Ponto 2 – Este “estudo” não faz sentido porque ser de “direita” e de “esquerda” não são características pessoais. Uma pessoa vivendo num determinado meio poderá ser de esquerda e se vivesse num meio diferente poderia ser de direita. Mais, há muita gente muda a sua orientação política. Por exemplo, aqui em Portugal muitos políticos ditos de direita foram de esquerda na sua juventude. Se alguma conclusão se poderia tirar seria a de que há medida que se amadurece uma pessoa torna-se mais de direita.

    Ponto 3 – Este “estudo” é pura e simplesmente um explanar de preconceitos ideológicos, o que na opinião dos seus autores é revelador de falta de inteligência.

    Ponto 4 – Este texto explica muita coisa:

    http://www.theaustralian.com.au/news/world/lefts-moral-superiority-fails-intelligence-test/story-e6frg6ux-1226268096783#

    IF you thought liberal snobs were insufferable enough already, with their tendency to view anyone who disagrees with them as dumb and dangerous, you ain’t seen nothing yet. – See more at: http://www.theaustralian.com.au/news/world/lefts-moral-superiority-fails-intelligence-test/story-e6frg6ux-1226268096783#sthash.kABmxGoM.dpuf

    Para quem não fala Inglês aqui fica a tradução do primeiro parágrafo:
    Se pensava que os snobs liberais já eram suficientemente insuportáveis com a sua mania de ver todos os que discordam deles como menos inteligentes e perigosos, ainda não viu nada.

    Tudo se resume a isto: Existem uns certos pseudo-intelectuais de esquerda que se consideram superiores ao resto do mundo e que apelidam de pouco inteligente toda a gente que discorda deles.

  71. airesesteves disse:

    Esta conversa faz-me lembrar, “O Banqueiro Anarquista”!

  72. Neusa Silva disse:

    Sensacional! espetacular! Concordo com o estudo as pessoas de esquerda são mais inteligentes, mais soberbas, mais arrogantes, mais pretensiosas e mais classistas pois rotulam todos que não concordam com eles de ignorantes, mal informados e de direita.Quanto ao preconceito as pessoas tem preconceito daquilo que não conhecem e não entendem isso é comprovado. Será que podemos dizer que Hitler era pouco inteligente??? se ele era pouco inteligente e fez oque fez deduzimos que a inteligencia é algo totalmente dispensavél né….

Não serão publicados comentários ofensivos, preconceituosos, que utilizem palavrões, escritos exclusivamente em letras maiúsculas e muito menos comentários anônimos. A moderação não é feita na hora.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: